Cultura, Loures

Loures volta a expor o quadro Pentecostes de Bento da Silveira

Após ter sido alvo de uma intervenção de conservação e limpeza, que terminou no passado mês de dezembro, a tela Pentecostes volta a estar patente ao público, podendo agora ser apreciada no Museu Municipal de Loures – Quinta do Conventinho.

 

O Pentecostes é um quadro a óleo sobre tela, datado do século XVII, onde se pode observar a Virgem ao centro, ajoelhada e acompanhada por Maria Madalena que segura o vaso dos perfumes nas mãos. Nos cantos, identificam-se São Pedro e São João, em posições semelhantes às encontradas em quadros representativos do Trânsito da Virgem, pormenor que auxilia a identificação do autor.

 

A autoria desta obra, que continua a suscitar grande interesse entre especialistas e leigos, é atribuída a Bento Coelho da Silveira, conhecido por Bento da Silveira, artista nascido em Lisboa no início do século XVII e falecido em 1708, altura em que ainda exercia o cargo de pintor régio, para o qual fora nomeado pelo Príncipe Regente Dom Pedro em 1678.

 

Ao longo da sua extensa e prolífera carreira artística, com grande incremento a partir de 1670, os principais clientes de Bento da Silveira foram, além da Casa Real, as instituições religiosas, onde de resto se enquadra a produção desta tela que é um dos principais elementos decorativos da Capela do Espírito Santo do Convento de Loures.

 

Em 2004, a tela foi alvo de uma primeira grande intervenção de restauro com vista à sua inclusão na exposição promovida pelo Museu Nacional de Arte Antiga, Pintura Portuguesa do Século XVII – Histórias, Lendas e Narrativas. Mais recentemente, em 2011, voltou a ser intervencionada, desta vez no sentido de limpar poeiras e sujidade superficial, para além servir para minimizar fungos desenvolvidos sobre a respetiva camada de proteção.

 

Por razões de segurança e conservação, a tela foi retirada do altar e está exposta temporariamente no Museu Municipal de Loures – Quinta do Conventinho.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *