Cultura, Mangualde

Lançamento do livro «Ernesto L. Matias, Lda. Um futuro no passado. Património e cultura organizacional» em Mangualde

A Livraria Adrião, em Mangualde, acolheu, no passado sábado, dia 7 de janeiro, o lançamento do livro «Ernesto L. Matias, Lda. Um futuro no passado. Património e cultura organizacional». A publicação do livro, de autoria de António Tavares, foi apoiada pela autarquia mangualdense e pela Ernesto L. Matias, Lda. A cerimónia iniciou pelas 15h45 e contou com a presença do autor do livro e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo.

 

Cerca de uma centena de pessoas, entre familiares, amigos, e individualidades da cultura mangualdense e viseense, assistiram à cerimónia que foi conduzida, em termos protocolares, pela Dra. Ana Rita Tavares. Começou por usar da palavra o Presidente da Câmara Municipal, elogiando o trabalho em prol da investigação, da preservação e do alerta para o Património Cultural de Mangualde. Fez ainda notar a importância da Ernesto L. Matias enquanto empresa quase centenária e fundamental no marcar do ritmo de industrialização de Mangualde.

 

Depois usou da palavra João Matias, administrador da empresa, seguindo-se João Paulo Avelãs Nunes, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, na qualidade de prefaciador do livro. Por último falou o autor do livro. António Tavares começou por agradeceu a todos os presentes e a todos quantos participaram e tornaram possível a edição deste livro e naturalmente à Livraria Adrião, pelo espaço e pela logística. Fez ainda referência à empresa Ernesto Matias, aos seus colaboradores e à maneira como a empresa desde o primeiro momento acatou o projeto. Finalizou desejando que esta obra fosse entendida e compreendida como contributo para o conhecimento da história económica de Mangualde e para que as empresas se consciencializem da sua história e do seu património cultural. Fechou parafraseando Anabela Guimarães, autora da nota de abertura do livro, «fazer a história de uma empresa é vencer a temporalidade da sua existência».

 

 

A OBRA

 

Editada pelo Jornal Renascimento, esta obra inaugura a coleção Opus Vox. Com base num trabalho de arqueologia industrial, aborda o património industrial e a cultura organizacional da empresa metalomecânica mangualdense, Ernesto L. Matias, Lda., que labora, ininterruptamente, há 83 anos. A história da firma, fundada por Ernesto L. Matias, em 1928, serve de pano de fundo para António Tavares ir em busca do património industrial e documental e aferir a cultura organizacional daquela empresa. Nesta obra, o autor propõe ainda iniciativas de salvaguarda e rentabilização do património com objetivos culturais e económicos.

 

Esta edição contou ainda com a colaboração de João Matias (administrador da Ernesto L. Matias) na elaboração da nota de apresentação, de Anabela Guimarães (gestora do património cultural) na elaboração da nota de abertura e de João Paulo Avelãs Nunes (professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) na elaboração do prefácio.

 

O livro está à venda na livraria Adrião, Papelaria Relógio Velho, Café Melro e Posto de Turismo da Câmara Municipal de Mangualde.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *