Desporto, Marinha Grande

Atleta olímpico Raimundo Santos homenageado na Marinha Grande

O atleta olímpico da Marinha Grande Raimundo Santos foi homenageado pela Câmara Municipal, no dia 8 de janeiro de 2012 (domingo), no Estádio Municipal da Marinha Grande, durante o intervalo do jogo de futebol entre a União Desportiva de Leiria e o Benfica.

 

Milhares de pessoas aplaudiram o atleta, que foi o primeiro do distrito e o único da Marinha Grande a alcançar os Jogos Olímpicos, em 1992. Naquele dia, recebeu do presidente Álvaro Pereira e da vereadora Cidália Ferreira o tradicional frasco do vidreiro, em cristal.

 

Os autarcas entenderam que, no ano em que se assinalam duas décadas da sua presença naqueles Jogos, seria oportuno realizar o referido reconhecimento.

 

O gesto, realizado naquela iniciativa com grande impacto mediático, assinalou o facto da Câmara Municipal ter deliberado, em 11 de novembro de 2010, a atribuição do nome de Raimundo Santos à pista da atletismo do Estádio Municipal da Marinha Grande.

 

A deliberação da Autarquia justificou-se pela “brilhante participação” do atleta nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, “facto nunca atingido por qualquer outro marinhense”.

 

A decisão da Câmara teve por base o facto dos Jogos Olímpicos serem “um acontecimento que se realizam de quatro em quatro anos, com impacto à escala planetária, transmitido para todos os continentes e que a participação num evento desta grandeza é o maior desafio de qualquer atleta de alta competição, apenas atingível por um número muito reduzido”.

 

Na história do concelho da Marinha Grande apenas se regista “um atleta que logrou alcançar um feito tão grandioso”: Raimundo Santos.

 

Raimundo Santos é natural da Marinha Grande. Raimundo Sousa Santos foi o primeiro atleta do distrito e o primeiro e único da Marinha Grande a alcançar os Jogos Olímpicos.

 

Teve uma brilhante carreira desportiva com resultados de grande nível internacional, sendo o expoente máximo, a participação nas meias-finais na modalidade de atletismo, disciplina de meio fundo na distância de 5000 metros pista, nos Jogos Olímpicos de Barcelona, que se realizaram em 1992, e onde obteve um brilhante 7º lugar nas meias-finais e o 27º lugar na classificação geral, em representação das cores nacionais.

 

Durante a sua carreira, além dos Jogos Olímpicos alcançou uma medalha de bronze nos Jogos Ibero-Americanos, em representação de Portugal, e obteve outros resultados coletivos de destaque internacionais ao lado dos gémeos Castro numa época de ouro do atletismo nacional.

 

Iniciou a sua carreira no Atlético Clube Marinhense e o Professor Moniz Pereira viu nele uma promessa do atletismo e levando-o para o Sporting ainda muito jovem, vindo, mais tarde, a vestir as camisolas do Benfica e Maratona.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *