Arouca, Cultura

Livro perpetua a tradição de «Arouca a cantar as janeiras»

Trinta anos de trabalho de recolha musical são agora dados a conhecer, na obra «Arouca a cantar as janeiras», da autoria do professor Ramiro Fernandes. O livro pretende enriquecer e preservar o património etnográfico e musicológico arouquense, fixando inúmeras melodias populares ligadas ao canto das janeiras, uma tradição que ainda persiste, em Arouca. O livro «Arouca a cantar as janeiras» é apresentado ao público no próximo dia 6 de janeiro de 2012, no auditório Globo d’Ouro, às 21:00.

 

A edição é promovida em parceria com a Escola de Música de Moldes e com o apoio do PRODER/ADRIMAG, integrando uma recolha de canções de natal, ano novo, janeiras e reis, que o autor tem feito desde de 1981. Durante a cerimónia de lançamento, haverá momentos musicais, protagonizados pela Escola de Música de Moldes e pelo Orfeão de Arouca.

 

Ramiro Tavares da Costa Fernandes foi professor primário desde 1963, e especializou-se em música, depois de ter frequentado vários cursos ligados à pedagogia musical. Fundou a Escola de Música de Moldes, assumindo a sua direção ao longo de duas décadas. Foi também um dos fundadores do Orfeão de Arouca, em 1985, tendo estado ligado à criação dos encontros de coros e de janeiras de Arouca. Participou também na criação da Academia de Música de Arouca, em 1999/2000, da qual foi secretário da Direção e Diretor Pedagógico. Ao longo dos últimos trinta anos tem vindo a efetuar uma recolha sistemática de cânticos de janeiras e de cantas típicas do concelho de Arouca. Parte dessas recolhas são dadas, agora, a conhecer, na sua obra «Arouca a cantar as janeiras».

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *