Cultura, Trofa

Meninos Cantores do Município da Trofa procuram novos talentos durante o mês de janeiro

Com o início do novo ano, o Grupo dos Meninos Cantores do Município da Trofa abre inscrições para futuros membros que queiram fazer parte deste grupo de pequenos cantores da Câmara Municipal da Trofa.

 

Assim para integrar este grupo basta gostar de cantar e ter disponibilidade, quer para participar nos ensaios quer nas diversas apresentações que possam ter ao longo do ano.

 

Todos os interessados em ingressar neste Coro infantil podem comparecer durante o mês de janeiro aos ensaios que decorrem aos sábados entre as 10h00 e as 12h00 na Rua Dr. Avelino Moreira Padrão, 716, Santiago de Bougado (Casa da maestrina Antónia Serra) ou aos sábados à tarde das 16h30 às 18h30 nas instalações da Associação ASCOR na Freguesia de S. Romão do Coronado.

 

As inscrições estarão abertas durante todo o mês de janeiro e quer a inscrição, quer a frequência no coro dos Meninos Cantores do Município da Trofa é gratuita.

 

Para obter mais informações os candidatos podem contactar os números 252 400 090 da Casa da Cultura da Trofa ou o telemóvel 965 581 952 da maestrina do coro Antónia Maria Serra.

 

De recordar que este coro de pequenos cantores trofenses nasceu a 1 de outubro de 1999 e desde então tem cantado por todas as freguesias do concelho da Trofa, Viana do Castelo – (Igreja da Misericórdia), Paredes de Coura – (Centro Cultural), Porto – (Teatro Campo Alegre, Salão Nobre do Instituto Superior de Engenharia, Casa da Música e Biblioteca Almeida Garrete), Braga – (Sé Catedral), Lisboa – (Igreja do Santíssimo Sacramento, Universidade de Lisboa, Sala das Bicas do Palácio de Belém, Palácio de S. Bento – Assembleia da República e FIL – Bolsa de Turismo de Lisboa), Vila Nova de Cerveira – (Convento de S. Paio), Guimarães – (Centro Cultural Vila Flor), Forcarei – Espanha e mais recentemente em Roma, Itália, na Igreja de Santo António dos Portugueses. Representou ainda Portugal no Coro Infantil Lusófono, projeto que envolveu crianças provenientes de todos os países de Língua Portuguesa em 2001.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *