Estarreja, Sociedade

BIORIA com novos percursos naturais em Estarreja

Foram já instaladas as estruturas dos novos percursos nas freguesias mais a norte do concelho de Estarreja: Avanca (Percurso do Rio Gonde), Pardilhó (Percurso das Ribeiras de Pardilhó) e Veiros (Percurso das Ribeiras de Veiros). Decorre assim a fase denominada como BIORIA 3 e que abrange as freguesias de Avanca, Pardilhó, Veiros e Beduído.

 

O Percurso de Avanca (3km) tem início na Casa Museu Egas Moniz – Quinta do Marinheiro, onde foram instalados dois alpendres e seis conjuntos de mesas com bancos nas margens do Rio Gonde, permitindo assim aos visitantes usufruir deste parque de merendas com capacidade para albergar grupos com cerca de 50 elementos, interligando o património cultural e natural do concelho.  Foram também instalados bancos, papeleiras e suportes de painéis informativos. Este percurso termina na ribeira do Mourão, fazendo a ligação ao percurso das Ribeiras de Pardilhó.

 

No Percurso das Ribeiras de Pardilhó (8km) foram instalados suportes de painéis informativos em todas as ribeiras e os visitantes têm ao dispor na Ribeira da Aldeia uma zona de paragem que foi reforçada com um alpendre, mesas, bancos e papeleiras. Este percurso termina na Ribeira das Teixugueiras onde está instalada um torre de observação com uma magnífica perspetiva sobre o espelho de água da Ria de Aveiro, onde atualmente é possível ver um grupo de flamingos.

 

O Percurso das Ribeiras de Veiros (9km), com início na Ribeira Nova vai-se afastando gradualmente da Ria, permitindo contactar com outro tipo de habitats e aproveitar a vista panorâmica da torre de observação instalada na Ribeira da Moitela. O percurso, com passagem pelas ribeiras de Veiros, Moitela, Tralhinha e Moita, termina no Esteiro de Estarreja. Só foi possível a definição deste troço após intervenção recente da autarquia nas margens do esteiro. Este percurso ficará ligado ao Percurso do Rio Antuã e dessa forma a toda a rede de percursos BIORIA já existentes.

 

40 Km de percursos

 

A inauguração dos novos percursos ocorrerá na Primavera (altura em que será atualizada a informação nos painéis informativos), assinalando assim o arranque de uma nova época. Os visitantes terão ao dispor cerca de 40 km de percursos (20 km atuais + 20 km novos percursos) pedestres em zonas completamente distintas em termos paisagísticos, bem como habitats e biodiversidade associada.

 

A rede de Percurso Pedestres ficará concluída no verão com implementação do Percurso de Fermelã atravessando o raro e genuíno habitat “Bocage”.

 

O Projeto BIORIA e a sua interligação às intervenções previstas no POLIS (Frente Lagunar, Núcleos Piscatórios e Via Ecológica Ciclável) e à rede de percursos intermunicipais do CICLORIA, permitirá uma efetiva  e profunda requalificação de toda a frente lagunar de Estarreja, recuperando e aprofundando a relação do nosso território com a Ria de Aveiro. Cumpre-se assim o desígnio de “Virar o Concelho para a Ria”.

 

Reforço de estruturas no Percurso de Salreu

 

No Percurso de Salreu, o primeiro trilho natural do BioRia, foi colocada uma torre de observação na zona de transição entre arrozais e caniçal permitindo assim ter um grande plano sobre estes dois habitats vitais para o ecossistema local, com uma elevada biodiversidade associada.

 

Também a zona de merendas, ao lado do centro de interpretação ambiental, foi reforçada com dois alpendres de forma a poder dar resposta ao crescente número de grupos que durante todo o ano visitam a rede de percurso pedestres.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *