Mação, Sociedade

Praia Fluvial de Carvoeiro volta a ser galardoada com prémio internacional – Mação

A Praia Fluvial de Carvoeiro voltou a ser galardoada com um Certificado Internacional pela atribuição consecutiva, nos últimos cinco anos (2006-2011), da Bandeira Azul, respeitando os critérios de qualidade da água, de informação e educação ambiental, de gestão ambiental e de equipamentos e segurança.

O Certificado, referente ao Programa Bandeira Azul 2011 e atribuído pela Coordenação Internacional da Bandeira Azul, foi entregue a Saldanha Rocha, Presidente da Câmara Municipal de Mação, por José Archer, Presidente da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE – Secção Portuguesa da Fundação para a Educação Ambiental), no âmbito do Seminário Nacional do Programa Bandeira Azul 2012, que se realizou no dia 13 de Dezembro, na Casa das Histórias – Paula Rego, em Cascais.

Na mesma ocasião, Mação e Cascais foram os dois Municípios escolhidos a nível nacional para apresentação das suas Praias. Vasco Estrela, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mação, deu a conhecer a Praia Fluvial de Carvoeiro aos participantes do Seminário, assim como toda a sua história e as mais-valias que trouxe para o Concelho, nas mais diversas áreas, sobretudo ao nível do Turismo.

Para quem não conhece, a Praia Fluvial de Carvoeiro situa-se na localidade que lhe dá o nome, a cerca de 25 minutos de Mação. Tem sido uma agradável surpresa para todos aqueles que a visitam, não só pelo enquadramento natural, mas também pela qualidade e beleza das suas infra-estruturas. Dispõe de vários equipamentos que permitem ao visitante passar ali um dia agradável, como balneários, bar, parque de merendas, churrasqueiras, posto médico, parque de estacionamento e está dividida com zona de banhos para adultos e para crianças. Em 2011 foi distinguida com Bandeira Azul pelo sexto ano consecutivo. Foi ainda galardoada, pela terceira vez, com Bandeira de Praia Acessível.

O Município de Mação tem dado cartas em diversas áreas não só no nosso país como no estrangeiro. Este Certificado Internacional da Bandeira Azul vem juntar-se a outras distinções conquistadas além-fronteiras, como é o caso do “El Batefuegos De Oro”. Um galardão espanhol atribuído, em 2006, pela Associação de Promoção de Actividades Socioculturais, em parceria com o Ministério do Ambiente de Espanha pelo trabalho em prol da prevenção e combate ao flagelo dos incêndios florestais e defesa do meio ambiente. “Um autêntico exemplo para Espanha”, afirmou o Chefe do Serviço Nacional de Incêndios Florestais do Ministério do Ambiente espanhol na Cerimónia de Entrega de Prémios em Madrid, em 2006.

Também a nível cultural, o Museu de Arte Pré-Histórica e do Sagrado no Vale do Tejo, em Mação, tem sido premiado a nível internacional. Em 2004 recebeu o Certificado Erasmus Mundus da Comissão Europeia (pelo Mestrado que se encontra a decorrer no Museu); em 2008, o Prémio Ouro Erasmus da Comissão Europeia, para os cursos intensivos de arte rupestre e de gestão do património, a funcionar no Museu; em 2009, a integração na Rede Portuguesa de Museus abriu um leque de novas oportunidades para o Museu de Mação e, em 2011, o Certificado Internacional de Qualidade HERITY.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *