Economia, Mangualde

Mangualde reforça relações empresariais com a Bulgária

Com o objectivo de reforçar as relações económicas entre Mangualde e a Bulgária, realizou-se, nos dias 6 a 11 de Dezembro, uma visita ao distrito de Yambol (Bulgária). O Presidente da autarquia, João Azevedo, o Chefe de Gabinete, Filipe Pais, e vários empresários do concelho integraram a comitiva da delegação portuguesa. A visita resultou de uma iniciativa da Associação para a Cooperação Portugal-Bulgária, sediada em Mangualde, no seguimento de um convite da governadora do distrito, Tanya Dimitrova.

 

No decorrer da visita, e de forma a promover o agendamento de protocolo de cooperação inserido nas trocas comercias entre Mangualde e Yambol, realizaram-se, no dia 8, duas reuniões de suma importância. A primeira teve como intervenientes a autarquia mangualdense e o Presidente de Câmara de Yambol, Georgi Slavov, e a segunda, entre a autarquia, Tanya Dimitrova e o Vice-Governador, Dimiter Ivanov.

No dia 9, e no âmbito da cerimónia de entrega de prémios “Investidores do Ano 2011” do Distrito de Yambol, realizou-se a apresentação do vídeo institucional do concelho de Mangualde. Ainda durante o evento, foi possível assistir a uma apresentação sobre as potencialidades da Bulgária, dinamizada por Borislav Stefanov, Director Executivo da Agência de Investimento da Bulgária. No evento estiveram presentes a governadora do Distrito, o Ministro da Economia e da Energia, Traycho Traykov, e a embaixadora de Portugal na Bulgária, Vera Fernandes. É de salientar que, durante a cerimónia foi entregue à EFACEC Engenharia Bulgaria Branch um prémio pelo investimento efectuado no parque de energia solar. A autarquia mangualdense e a Associação para a Cooperação Portugal-Bulgária também foram premiadas pelo esforço efectuado na fomentação de relações económicas entre Mangualde e Yambol.

 

POTENCIAR RELAÇÕES EMPRESARIAIS

O programa contemplou, ainda, diversas vistas a empresas locais que apresentavam elevado potencial de relações com os empresários portugueses, e cujo objectivo foi identificar oportunidades de negócio. Produção de vestuário, produtores de óleo de girassol, produção de legumes congelados e frutas, viticultura e enologia, produção de roupa exterior para senhoras, produção de gelados e produtos lácteos, produção e comercialização de tubos, móveis e equipamentos desportivos para escolas, produção de cilindros hidráulicos e pneumáticos, máquinas e equipamentos para garagens e armazéns, produção de roupas e acessórios para: caça, pesca, desportos, uniformes para empresas de segurança, produção e comercialização de materiais para hidro isolação e casas de baixo consumo, equipamento para a casa, empresa de reciclagem de garrafas, produção de produtos especiais para isolamento térmico e acústico e produção de vinho foram as principais áreas visadas.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *