Cultura, Mangualde

«O Presépio, por Portugal e pelo Mundo» em Mangualde

Mangualde continua a ser palco de uma mostra singular: «O Presépio, por Portugal e pelo Mundo» estará patente até 9 de Janeiro, na Biblioteca Municipal (nos átrios e na sala polivalente). Esta mostra, que foi inaugurada no passado dia 3 de Dezembro, tem tido uma relevante adesão do público. Nesse sentido, a Câmara Municipal entendeu alargar o horário das visitas do público. Assim, nos dias 11 e 18 de Dezembro (Domingos), a Exposição poderá ser visitada entre as 14:30 e as 18:00 horas. Nos dias 16 e 17 de Dezembro (sexta e sábado), para além do horário normal de funcionamento da Biblioteca Municipal, a exposição estará aberta ao público entre as 20:30 e as 22:00 horas.

 

Esta exposição, inserida na programação natalícia do município «Natal em Mangualde», é totalmente composta pelas obras de um coleccionador particular, nascido em Seia. As peças expostas, num total de cerca de 200, são provenientes de Portugal, e de quatro continentes, só não se encontrando presente a Oceânia, sendo de 10 países europeus, 10 africanos, 14 asiáticos e 11 americanos. No que se refere a Portugal, estão representadas todas as regiões, seja do Continente, seja das Regiões Autónomas. Esta mostra pretende simultaneamente demonstrar que o presépio é uma manifestação de fé espalhada por todo o mundo, recolocar o presépio no centro das festividades natalícias e despertar, principalmente nos mais novos, o gosto pela construção ou pela montagem de presépios.

 

Recordações de infância ligadas às manifestações que, anos atrás, enquadravam a época natalícia, terão sido o motivo que conduziu ao arranque desta colecção, aliadas ao fascínio por presépios que, desde sempre, acompanhou este coleccionador.

 

A colecção em causa esteve muito tempo na incubadora, para só, nos últimos três anos, ter crescido significativamente, atingindo uma dimensão, ainda que pequena, mas que se afigura poder ser representativa da realidade do que é o Presépio por Portugal e pelo Mundo.

 

Em todas as peças expostas é possível constatar a diversidade de raças humanas e de tipos de animais, consequentes da latitude e da longitude onde os países se situam, bem como as expressões, vestes e enquadramentos adequados aos diversos climas e circunstancialismos existentes nos locais de onde foram criados. Os inúmeros materiais utilizados, em regra, também acompanhando as matérias-primas regionais preponderantes.

As peças, em grande parte obras de artesanato, reproduzem a forma como os seus autores entendem o que seja a representação do nascimento de Jesus Cristo. Uns limitam-se a copiar a realidade tal como a conhecem e outros ousam inovar e interpretam esse facto de maneira pessoal, mais criadora e, por vezes, ousada.

 

Horário da Biblioteca

2ª feira: 14:00 – 19:00

3ª a 6ª feira: 9:30 – 19:00

Sábado: 10:00 – 13:00/ 14:00 – 18:00

A BIBLIOTECA MUNICIPAL ENCERRA NOS DIAS 24 E 31 DE DEZEMBRO.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *