Educação, Tomar

Tomar investe mais de 280 mil euros em apoios aos alunos do ensino básico

Entre subsídios a alunos carenciados para aquisição de livros e material escolar e fornecimento de refeições a todos os alunos do ensino básico do concelho, a Câmara Municipal de Tomar prevê para este ano lectivo um investimento que supera os 280 mil euros.

A segunda fase de atribuição de subsídios de estudo (livros e material escolar) aos alunos das escolas do 1.º Ciclo do concelho de Tomar está concluída. Cerca de 2500 euros serão agora atribuídos, somando-se aos 10.627,32 euros aprovados na primeira fase, perfazendo um total de mais de 13 mil euros. Esta atribuição de subsídios avança para uma terceira fase, uma vez que faltam analisar 29 processos dos 529 que se candidataram a este apoio.

De acordo com o Programa de Generalização de Fornecimento de Refeições aos Alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico, os alunos subsidiados têm também direito a subsídio de refeição. Este apoio, da total responsabilidade da autarquia, será de 74.944,72 euros.

Para além destes subsídios de refeição, a Câmara de Tomar vai gastar mais 97.219,20 euros, referentes à comparticipação da totalidade dos alunos que almoçam na escola. São cerca de 1200 crianças a almoçar diariamente nas 28 escolas do 1.º Ciclo do concelho. No total, com apoio às refeições dos alunos do ensino básico do concelho, está previsto investir-se 269.383,12 euros, sendo 97.219,20 euros respeitantes à comparticipação do Ministério da Educação e Ciência. Os restantes 172.163,92 euros caberão à autarquia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *