Educação, Óbidos

Óbidos é o “Melhor Município para se estudar” do País

O Ensino do Futuro entregou hoje, ao início da tarde, em Lisboa, o 1º lugar, na categoria “O melhor município para estudar”, ao projecto “Escolas D`Óbidos – Uma Educação Criativa”. O galardão foi entregue pelo Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar, João Casanova de Almeida, numa cerimónia que teve lugar no Auditório Cardeal Medeiros da Universidade Católica de Lisboa.

O programa apresentado no âmbito dos prémios de reconhecimento à Educação – “O Melhor Município para estudar”, foca o investimento realizado pelo Município na concertação de um modelo educativo intimamente ligado ao desenvolvimento económico e urbano do território, iniciado com construção e gestão dos novos complexos escolares inaugurados em 2008 e em 2010, nomeadamente Arcos, Alvito e Furadouro, que hoje são peças essenciais para o sucesso da relação pedagógica e comunitária.

O documento mostra o esforço do Município de Óbidos em assumir autonomamente um conceito educativo próprio, assente num projecto educativo local e que junta algumas das melhores práticas internacionais, resultado de estudos e experiências focadas numa nova responsabilização das comunidades locais e municípios, como é o caso da Finlândia, Dinamarca, Suécia, Itália (Reggio Emilia), entre outros.

O documento refere ainda o conjunto de iniciativas do Município de Óbidos que resultam em parcerias que apoiam este conceito educativo, nomeadamente a Rede de Economias Criativas (nacional) e a Rede Urbact (europeia), nas quais Óbidos é líder.

Localmente é referida a participação do Parque Tecnológico ou da incubadora ABC – Apoio de Base à Criatividade, que são uma parte do vasto programa “Óbidos Criativa”, no desenvolvimento deste projecto educativo.

Dos programas educativos desenvolvidos, deu-se destaque ao projecto “Descobre o Teu Talento”, “Educação pelas Artes e pela Leitura” e, finalmente, ao “Ateliê Criativo”, com uma vasta descrição dos objectivos e modelos de funcionamento.

Finalmente destacou-se o projecto da “Escola Municipal”, iniciado no Jardim-de-Infância do Arelho, como referência na concepção de um modelo com uma forte gestão/intervenção municipal e de que forma será mais eficaz e eficiente aos novos desafios educativos, nomeadamente na criação de um cluster educativo, num território dinâmico, com estruturas educativas de excelência e com uma comunidade educativa empenhada na mudança.

Recorde-se que os Prémios de Reconhecimento à Educação, iniciativa conjunta da groupVision Education Services e da SInASE, têm como objectivo distinguir e galardoar entidades educativas e formativas cuja actuação se destaque ao nível do contributo que prestam junto e para a comunidade educativa, nomeadamente ao nível do ensino regular, de projectos específicos no âmbito da formação profissional e de situações de envolvimento da comunidade alargada no contexto escolar. Na categoria “Melhor Município para estudar” dá-se destaque a projectos de excelência desenvolvidos pelos municípios com vista a melhorar as condições de estudo dos seus alunos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *