Lamego, Sociedade

Formação sobre Acordo Ortográfico regista grande adesão em Lamego

A ação de formação sobre o novo Acordo Ortográfico que a Biblioteca Municipal de Lamego promoveu entre os dias 26 e 28 de outubro excedeu as melhores expetativas da organização tendo despertado o interesse de um elevado número de pessoas e gerado entre os participantes um debate intenso sobre os eventuais benefícios que a nova ortografia pode trazer à comunidade de língua portuguesa. O limite inicial de participantes foi superado e algumas inscrições não puderam mesmo ser aceites, pelo que aquela instituição vai organizar uma nova ação de formação, em moldes idênticos, durante o mês de novembro.

       O principal objetivo desta iniciativa de seis horas letivas foi levar os formandos a aprenderem as modificações e alterações introduzidas pelo Acordo estabelecido em 1990 entre Portugal, Brasil e demais países lusófonos. Nem todas fáceis de interiorizar, as mudanças recaem, sobretudo, nas consoantes mudas, na acentuação gráfica, na hifenização e no uso de maiúsculas e minúsculas. No alfabeto entram também três novas letras. No final, a opinião foi unânime: as novas regras que ditam a supressão do hífen em muitas palavras, mas que também contam com inúmeras exceções, são as mais difíceis de compreender e assimilar.

     O formador deste curso de curta duração foi António Martins que atualmente leciona na Escola Básica 2,3/S de Tarouca como professor do 2º Ciclo do Ensino Básico, Variante de Português e Inglês. É também detentor de um mestrado em Ensino da Língua e da Literatura Portuguesas, concluído na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Na área da formação específica sobre o novo Acordo Ortográfico possui um curso ministrado pela Fundação Oriente/ Academia de Ciências de Lisboa.

     Após a realização desta ação de formação na Biblioteca de Lamego, que teve um carácter pioneiro na região, Martins foi convidado por outras instituições públicas para ministrar iniciativas dedicadas à mesma temática.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *