Arouca, Cultura

Banda musical de Arouca apresenta CD com um dos melhores trompetistas do mundo

Depois de concluída a gravação do seu último trabalho discográfico, a Banda Musical de Arouca realiza um concerto de apresentação, no próximo dia 6 de Novembro, domingo, a partir das 15:00, no salão dos Bombeiros Voluntários de Arouca. O convidado especial deste concerto será Ruben Simeó, considerado um dos trompetistas com maior potencial musical em todo o mundo, apesar dos seus 19 anos. A Banda Musical de Arouca, que comemora este ano 186 anos de existência, apresenta, desta forma, o seu segundo trabalho discográfico, num concerto que será, por certo, um marco cultural em Arouca. Este evento tem o apoio da Câmara Municipal de Arouca.

 

 

Ruben Simeó Gijón

 

Nasceu em Vigo em 1992, tendo começado seus estudos musicais no Conservatório dessa cidade com o seu pai, demonstrando desde tenra idade faculdades impressionantes no trompete, tendo realizado concertos em grandes auditórios e programas de televisão, e onde recebeu fortes aclamações do público e da crítica em geral, que elogia a sua maturidade técnica e interpretativa numa idade tão jovem.

 

Desde os 8 anos, vem obtendo grandes prémios nos maiores concursos nacionais e internacionais como Yamaha (Madrid), Cidade de Vigo, Porcia (Itália), Benidorm, Maurice André (Paris), Bruxelas, Selmer e P.Jones (França), sendo sempre o candidato mais jovem de todas a edições a consegui-lo.

 

Ainda em idade infantil, participou várias vezes em programas de televisão e rádio, como a TVE, Antena 3, Canal 9, TV galega, TV francesa, Canal Cuatro, Radio Clássica, TV Tokio, Radio France e muitas outras.

 

Com 12 anos de idade, actua como solista com a Orquestra Sinfónica de RTVE, no auditório nacional de Madrid e Saragoça, dirigido por Adrian Leapper, e repetido novamente no concerto de Natal para todo o mundo através da TV espanhola internacional.

 

Realiza cursos e classes magistrais, como pedagogo, por vários países como Estónia, Portugal, Espanha, França, Japão, etc.

 

Actua regularmente com grandes orquestras e agrupamentos sinfónicos como: Orquestra de Munique, RTVE, Valencia, Viana do Castelo, Sinfónica de San Cristobal (Venezuela), Guarda Republicaine (Paris), Sinfónica de Leon, Orquestra de Mallorca, Sinfónica de Alicante, Filarmónica de Cannes, Niza, Nantes, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Emilia Romagna (Italia), Torrente, Siena Wind Tokio, Sinfonica Kanazawa (Japão), Paris, Estugarda, Sinfónica da Galiza, bandas sinfónicas municipais de Valência, Alicante, Ciudad Real, LLiria, Pensilvânia (EUA), e outras bandas filarmónicas espanholas e portuguesas.

 

Em Julho de 2005, com 13 anos, actua por convite de Maurice Andre, na Semana Internacional do Trompete, realizado em Bordeus (França), com enorme êxito e ovações da crítica e do público.

 

Já gravou inúmeros discos, editados em todo o mundo, com Siena Wind Tokio, Sinfonica Kanazawa (Japão), várias bandas sinfónicas, orquestra de Câmara de Valência, com piano, órgão barroco e outros instrumentos. Tem programada a gravação do Concerto Iberique de V.Cosma, junto à Guarda Republicana de Paris. Actualmente encontra-se a gravar dois discos no Porto (Portugal).

 

Em 2008, recebeu em Estugarda (Alemanha), o Prémio Europeu da Cultura, como reconhecimento pela sua brilhante carreira artística.

 

Actualmente é aluno e assiste a aulas periódicas com nomes de concertistas sonantes do meio musical, como Maurice André e V. Campos, os quais orientam e guiam a sua trajectória musical.

 

 

Banda Musical de Arouca, Associação Cultural e Artística

 

A Banda Musical de Arouca, Associação Cultural e Artística, foi fundada no primeiro quartel do século XIX, por Bernardino Joaquim Soares, que também foi o seu primeiro maestro, em data que não se pode precisar. Todavia, o ano de 1825 é o que se considera correcto, segundo consta em documentos existentes no Arquivo Distrital de Aveiro.

 

Em 1980 foi renovada a Escola de Música, não só para dar resposta inequívoca ao desejo de muitos jovens, mas também para acorrer às necessidades de formação de novos músicos para a Banda. Desta Escola, em contínuo movimento e de considerado nível de aproveitamento, têm saído muitos jovens, alguns deles hoje integrados em diversas instituições musicais do país. Actualmente, são cerca de 40 os alunos da Escola.

 

Foi-lhe também conferido, por Sua Excelência o Senhor Primeiro-ministro, o grau de Utilidade Pública, pelo muito que esta instituição tem feito em prol da causa musical. Também a Câmara Municipal de Arouca distinguiu esta Banda com a Medalha de Mérito Municipal – Grau Ouro.

 

Em consequência directa do labor dos seus componentes, esta Banda conquistou o primeiro lugar no Concurso de Bandas Civis «Terras de Cambra», em 19 de Setembro de 1993.

 

Em Junho de 2003 participou nas cerimónias de geminação entre Arouca e Poligny (França).

 

Em Julho de 2008 deu um concerto com o conhecido tenor Carlos Guilherme em Arouca.

 

Em Junho de 2009 deu um concerto na Assembleia da República.

 

Em Agosto do mesmo ano participou na iniciativa «Verão na Casa» na Praça da Casa da Música.

 

Em Novembro de 2009 participou no «Festival Filarmonia ao mais Alto Nível», no Europarque, em Santa Maria da Feira.

 

No ano de 2000, o Maestro Aristides Noites, depois de ter sido músico dos mais diversos instrumentos pelo período de 20 anos (1949/1969) e 30 anos como maestro, entregou o cargo ao seu filho, Valdemar António Santos Pinho Noites. Seguiu-se como maestro João Dias, actual director artístico desta Banda.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *