Cultura, Mangualde

Maria D’Aires expõe em Mangualde

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolhe a mostra individual de pintura de Maria D’Aires, de 3 a 30 de Novembro. Os trabalhos da pintora Maria d’ Aires, que é uma grande referência na Arte Portuguesa dos nossos dias, estarão então expostos, numa mostra cuja entrada é livre. Os seus trabalhos assemelham-se, podem mesmo situar-se, próximo da obra dos expressionistas abstractos.

 

Maria D’Aires, natural do Alentejo, cursou Pintura na ARCO. Na SNBA, de que é sócia titular, concluiu o Curso de Pintura e 3ºAno Complementar de Atelier, onde foi aluna dos professores Jaime Silva e Paiva Raposo. Completou os Cursos de História de Arte do Séc. XX, com a Professora Dr.ª Cristina Azevedo Tavares e o Curso Temas de Estética e Teorias da Arte Contemporânea, com o Professor Dr. David Lopes. Frequentou a disciplina de Gravura no Atelier do Prof. Paiva Raposo.

 

A pintora evoluiu em direcção a uma linguagem abstracta de grande intensidade. As suas linhas geométricas definem secções de cor, evocando os tons locais, do campo, do mar e do céu, criando-nos a ilusão de que estamos dentro de uma paisagem do Alentejo tão querido desta pintora. Os seus azuis conferem á sua obra uma sensação de espiritualidade e liberdade peculiares na sua obra e, os seus quadros têm um carácter tranquilo e místico apesar dos tons vivos e alegres. A sobreposição de triângulos coloridos sugere velas de barcos, criando um padrão rítmico e uma sensação de velocidade e de espaço. Feininger tem influência nesta área da sua obra tal como quando representa a arquitectura urbana como tema.

 

Os trabalhos de Maria D’Aires já percorreram o país, através de exposições individuais: Junta de Turismo da Ericeira (1992/94); Museu Etnográfico de Serpa; (1993); Casa do Povo de Pias, com Isabel Moreno (1994); Galeria Exclusive – Carnaxide (1995 /96); Casa do Alentejo, com Deolinda (1995); Bar “Alcool Puro”- Lisboa (1995); Gallery  Center – Amoreiras Shopping – Lisboa (1998, 2000, 2002, 2004, 2006, 2008, 2009, 2010 e 2011); Galeria do Hotel Sheraton – Lisboa (1998); Auditório Municipal de Vendas Novas (1999); Restaurante Stasha – Bairro Alto – Lisboa (1996); Galeria do Oeiras Parque (1998); Galeria do Miraflores Shopping Center (1998); Galeria do Hospital Garcia da Horta – Almada (1998, 1999 e 2005); Vilamoura Marina Hotel – Vilamoura (1998, 2000, 2001); Tivoli Marinotel – Vilamoura (2003, 2004, 2005 e 2006); Loja S’tana – Sesimbra e Loja S’tana – Portal de Vilamoura; Quinta das Cruzadas – Centro de Exp. Arte e Multimédia – Linhó – Sintra; Artibingo (2000 e 2001); Convento dos Cardaes, Lisboa (2001); Artina-loja de Arte – Tavira (2003, 2004 e 2008); Clube de Golfe da Quinta da Beloura – Sintra (2004); Centro Unesco Porto – Fundação Eng. António de Almeida (2005); Galeria da Junta de Freguesia do Estoril, Estoril (2005); Anje – Assoc. Nacional de Jovens Empresários – Porto (2006); Casino de Vilamoura – Vilamoura (2006). Painel Hall de Entrada da Casa Beatriz Gambôa em Boavista dos Pinheiros (2007); Casa André Pilarte – Tavira (2008 2010 e 2011); Clube Serpense – Serpa (2008 e 2009); Ordem dos Médicos – Casa do Médico de S. Rafael – Sines (2009 e 2010); Galeria Orlando de Morais – Ericeira (2008/2009). Galeria Jaime Lobo e Silva – Ericeira (2010); Galeria da Biblioteca Municipal de Sesimbra (2011); Galeria da Biblioteca Municipal de Mangualde (2011). E muitos outros locais acolheram os seus trabalhos, em mostras colectivas.

 

 

Esta mostra pode ser visitada no seguinte horário:

Segunda-feira – 14h00 às 19h00

Terça a sexta-feira – 9h30 às 19h00

Sábados – 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *