Educação, Mangualde

«Aprender em Festa» em Mangualde

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves acolhe, de 24 a 28 de Outubro, mais uma edição do projecto «Aprender em Festa». A iniciativa, promovida pelo Cine Clube de Viseu em parceria com Câmara Municipal de Mangualde, apresenta um programa diversificado de sessões de cinema de animação dirigidas aos alunos do 1º, 2º e 3º ciclos e Secundário. «Aprender em Festa», destinada a alunos, professores, educadores e outros agentes educativos, realiza-se no âmbito das comemorações do Dia Internacional da Animação.

 

Nos dias 24 e 25, serão realizadas sessões à medida dos mais pequenos (alunos 1º ciclo), recheadas de pequenas histórias de animação, cheias de lirismo e fantasia. A duração das sessões é de 52 minutos e contempla as seguintes curtas-metragens:

 

  • FOXY & MEG de André Letria (Portugal)
  • FLUFFY MCLOUD de Conor Finnagan (Irlanda)
  • WHISTLELESS de Siri Melchior (Dinamarca)
  • REPITU de Jana Richtmeyer (Alemanha)
  • GINJAS de Zepe e Humberto Santana (Portugal)
  • LES BALLONS NE REVIENNENT JAMAIS, de Cecília Marreiros Marun (Bélgica)
  • SALTINHO A MADRID, de Luís da Matta Almeida (Portugal)
  • DODU de José Miguel Ribeiro (Portugal)
  • THE LOST THING de Andrew Ruhemann & Shaun Tan (Austrália)

 

Nos dias 26 e 27, os alunos do 2º e 3º ciclos vão ter a oportunidade de assistir à apresentação dos filmes premiados no E-Magiciens, um festival de cinema de animação digital, que premeia os melhores filmes provenientes das melhores escolas de animação do mundo. A duração é de 60 minutos e contempla as seguintes curtas-metragens:

  • MORTYS de Gaëlle Lebegue, Mathieu Vidal, Aurélien Ronceray-peslin e Nicolas Villeneuve
  • MORTYS, Gaëlle Lebegue, Mathieu Vidal, Aurélien Ronceray-peslin e Nicolas Villeneuve
  • STANLEY PICKLE, Victoria Mather
  • SZOFITA LAND, Zsofia Tari, Hungria
  • D’UNE RARE CRUDITÉ, Emilien Davaud, Jérémy Mougel e Marion Szymczak
  • CONDAMNÉ À VIE, Hannah Letaïf e Vincent Carretey
  • TELEGRAPHICS, Antoine Delacharlery, Lena Schneider, Léopold Parent e Thomas Thibault
  • LOOM, Ilija Brunck e Jan Bitzer
  • RENE’S WORLD PHYSIQUES, Renaud Jaillette
  • L’OEIL DE PAON, Gerlando Infuso

 

A iniciativa termina no dia 28 com a apresentação do documentário assinado pelo mítico artista de rua Banksy, que traça a história do movimento street culture. O filme segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspectiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia. Esta última sessão, com duração de 86 minutos, destina-se aos alunos do secundário.

 

O projecto “Cinema para as escolas” marca, desde 1999, a acção do Cine Clube de Viseu na comunidade escolar de todo o distrito e a sua forma de relacionamento com milhares de participantes nas diversas actividades. Através de projectos e acções de formação que enquadram a linguagem cinematográfica e as novas tecnologias da informação, exploram-se as possibilidades educativas de uma cultura que se antecipa e muitas vezes ultrapassa a educação escolar.

 

As sessões realizar-se-ão em horário ainda a definir e as inscrições, abertas às escolas (e a decorrer nas mesmas), têm um custo de 1€ por aluno.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *