Mação, Sociedade

Mação e Buriti dos Montes (Brasil) geminados

O Presidente da Câmara Municipal de Mação, Saldanha Rocha, e o Prefeito do Município de Buriti dos Montes (Brasil), Francisco Soares, assinaram, no dia 05 de Outubro, o Protocolo de Geminação entre os dois Municípios.

Na sessão solene, Saldanha Rocha afirmou que este protocolo servirá para “reforçar as já estreitas relações que temos (Portugal e Brasil)”, sendo que “vamos promover uma série de acções, nas mais diversas áreas, visando o desenvolvimento integrado dos dois Municípios através de uma interessante e evidente partilha de experiências, conhecimentos, tradições e, em conjunto, trabalharemos e exploraremos áreas e questões do quotidiano, assim como todas as nossas potencialidades numa inequívoca mais-valia para ambos.”

O Presidente da Câmara Municipal de Mação, depois de apresentados os dois Municípios a todos os presentes, afirmou que, para além de várias áreas em que a Autarquia já tem apostado fortemente como a cultural, arqueológica, gastronómica, e ao nível do Museu, do Turismo e da Floresta, pretende desenvolver muitas outras no âmbito deste protocolo como o ecoturismo e até o turismo de montanha. “Queremos aproveitar e aliar recursos com as intervenções necessárias na floresta, como os estradões florestais que podem ter uma funcionalidade dupla e ser uma excelente plataforma para o turismo ambiental e desportivo. Falo na promoção de passeios pedestres e outras actividades desportivas que poderão integrar roteiros desta natureza e de âmbito internacional”. A preservação da Floresta será, aliás, uma das áreas a que dois Municípios irão dedicar especial atenção no âmbito deste protocolo.

Por outro lado, aproveitando os vestígios arqueológicos de ambos os Municípios e o vasto trabalho já desenvolvido nesta área, em Mação, Francisco Soares referiu que pretendem estudar as gravuras rupestres deixadas pelos índios no Estado do Piauí, sendo “a nossa intenção maior em procurar Mação por causa do estudo arqueológico que aqui já está bem adiantado e queremos levar esse conhecimento para Buriti dos Montes. A Universidade Federal de Piauí criou há pouco tempo o curso de Arqueologia e os estudantes que estão começando a terminar o curso lá vão ter com essa geminação a facilidade maior de vir estudar aqui e fazer o Mestrado e o Doutorado” e que voltem depois ao Piauí para fazer “um estudo bem melhor, mais acurado e mais perfeito da nossa realidade arqueológica, que é importantíssimo”. Neste sentido, o Prefeito de Buriti dos Montes referiu também a “vertente turística que se desenvolverá com esses estudos. E conhecendo agora as belezas de Portugal e principalmente de Mação haverá um fluxo turístico maior quando a gente divulgar Mação”.

O protocolo agora assinado será válido por um ano automaticamente prorrogável e servirá para promover o desenvolvimento de um programa de intercâmbio cultural, social, educativo, informativo, desportivo, turístico e empresarial, para difusão recíproca da cultura dos dois povos e cooperação em programas de desenvolvimento.

Refira-se que esta é a primeira geminação do Município de Mação, apesar de ter já sido várias vezes proposto. “As propostas que nos chegaram eram de territórios mais ricos e, perante estas duas avaliações que se fizeram aqui, hoje estou mais convicto que esta geminação faz todo o sentido com um território em que o paralelismo é muito parecido, em termos do conhecimento, da aprendizagem e da própria interacção entre os povos”.

A cerimónia teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, perante uma audiência composta pelo Executivo Camarário, Presidente da Assembleia Municipal, Presidentes e outros representantes de Juntas de Freguesia do Concelho, o Deputado da Assembleia da República Duarte Marques, Maçaenses, representantes de várias entidades, Comunicação Social, alunos do Mestrado e Doutoramento e elementos da comitiva brasileira de Buriti dos Montes, entre eles a Primeira-Dama e outros responsáveis do Município brasileiro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *