Abrantes, Cultura

Exposição sobre a obra do Arquitecto Carrilho da Graça em Abrantes

Dia 13 de Outubro, às 18h00, é inaugurada na Galeria Municipal de Arte de Abrantes a exposição «João Luís Carrilho da Graça. Obras recentes», organizada pela Ordem dos Arquitectos, através da Secção Regional do Sul e do Núcleo do Médio Tejo.

Seguir-se-á na Biblioteca Municipal António Botto, uma conferência sobre a obra do Arquitecto.

A exposição ficará patente ao público até 25 de Novembro, podendo ser visitada no horário da Galeria: de terça a sábado, da 10 às 12h30 e das 14 às 18h30.

 

Carrilho da Graça é licenciado pela Escola de Belas Artes de Lisboa, em 1977, ano em que iniciou a sua actividade profissional.

À sua obra foram atribuídos diversos prémios, nomeadamente: o título de “Chevalier des Arts et des Lettres” pela República Francesa em 2010; o “Prémio Pessoa” em 2008; o prémio da Bienal Internacional da Luz – Luzboa em 2004; o prémio “Secil” em 1994; a ordem de mérito da República Portuguesa em 1999 e o prémio da “Associação Internacional dos Críticos de Arte” em 1992.

Foi distinguido com o “Piranesi Prix de Rome”, em 2010, pela musealização da área arqueológica da Praça Nova do Castelo de São Jorge, o prémio “Fad” em 1999 e o prémio “Valmor” em 1998 pelo projecto do Pavilhão do Conhecimento dos Mares – Expo’98, o prémio “Secil” em 1994 pela Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa. Foi nomeado para o Prémio Europeu de Arquitectura “Mies Van der Rohe” em 1990, 1992, 1994, 2009, 2010 e 2011, neste último pela ponte pedonal sobre a Ribeira da Carpinteira e pela musealização da área arqueológica da Praça Nova do Castelo de São Jorge.

 

É o autor do projecto do futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, em Abrantes.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *