Desporto, Porto de Mós

4ª Etapa do Circuito Nacional de Dirt Jumping Kia Motors 2011 em Porto de Mós

A quarta etapa do Circuito Nacional de Dirt Jumping Kia Motors 2011 teve lugar no passado dia 24 de Setembro em Porto de Mós. Para esta prova foi criada uma pista completamente nova junto às piscinas municipais que irá ficar permanente no local, para que os atletas da região possam usufruir dela todo o ano. A pista é composta por 6 saltos, divididos por duas linhas diferentes: uma mais pequena, ideal para quem está a dar os primeiros passos na modalidade e outra linha um pouco maior para quem já tem mais experiencia. Com mais esta infraestrutura, Porto de Mós passa a ter condições para a prática de todas as vertentes do BTT!

O dia apresentou-se com céu um pouco nublado, ameaçando chuva, mas felizmente com o passar das horas o sol apareceu e manteve-se assim o resto do dia, o que levou à presença de muito público para assistir ao evento.

Na classe de iniciados, como já tem vindo a ser um hábito, houve muitos inscritos, entre os quais algumas presenças de pilotos da região que animaram em muito o espectáculo. Durante os treinos, e um pouco à semelhança do que tem acontecido nas etapas anteriores, podemos verificar que existiam muitos pilotos com um nível muito parecido, deixando muitas incertezas em quem seria o vencedor. A vitória acabou por sorrir mais uma vez a Fábio Gil, piloto que se mostrou sempre muito seguro e com grandes manobras como o “No foot can can”, “360” e pela primeira vez a fazer um “Backflip” em competição. No segundo lugar ficou mais uma vez Joel Pires, mostrando-se bastante regular e a fazer com fluidez manobras como o “No foot can can”, “360 table” e “Tuck no hands”. A estrear-se no pódio esteve Cristiano Alves, que mostrou que quando aliar uma maior regularidade às manobras que executou será um sério candidato às vitórias. O melhor Portomosense foi João Batista na 5ª posição.

Na classe de Elites notaram-se algumas ausências entre os pilotos habituais, mas o espetáculo e competitividade não foram afectados por essas falhas. No final a vitória acabou por ir mais uma vez para o Arripiadense Nuno “Pintas” Barroso, que este ano está muito forte, executando com segurança e perfeição manobras como “Truck driver para x-up”, “Decade” e “Tail whip”. Com um andamento muito forte esteve João Varandas, que aliando muita fluidez a grandes manobras, conquistou a segunda posição com os seus “Truck driver”, “Tail whip” e “Tuck no hands para barspin”. Na terceira posição ficou Ruben Pinto, que mostrou muita segurança em manobras como o “360 nose dive”, “Tuck no hands” e “No foot can can”. Na quarta posição ficou o Daniel Gaspar que assim se estreou na categoria de Elites com um lugar no pódio e na quinta posição ficou o Rui Mendonça.

Para o prémio da melhor manobra podemos assistir mais uma vez a grandes manobras, como foi o caso do “Backflip x-up”, “Backflip x-up one foot”, “Double tail whip”, entre outras. No final a vitória foi mais uma vez para Nuno “Pintas” Barroso, com um “360 double barspin para x-up” na perfeição.

O campeonato segue agora para Santarém, onde se irá realizar no Festival Bike a grande final, no dia 22 de Outubro.

Classificações nos Elites:
1º lugar Nuno Barroso
2º lugar Varandas
3º lugar Ruben Pinto
4º lugar Daniel Gaspar
5º lugar Rui Mendonça

Classificações nos Iniciados:
1º lugar Fábio Gil
2º lugar Joel Pires
3º lugar Cristiano Alves~
Melhor manobra: Nuno Barroso
Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *