Borba, Sociedade

Nova produção de Vinho de Talha em Borba

Numa iniciativa conjunta entre o Município de Borba e a Adega Cooperativa de Borba, reabilitada o ano passado, voltou-se a incentivar a produção do vinho de talha em Borba, que terá continuidade este ano. Para a recuperação desta tradição, bastante usual no concelho de Borba em diversas adegas e tabernas típicas, foi recuperada a antiga adega do Centro Cultural de Borba, edifício propriedade do Município, onde há várias décadas era produzido vinho através de talha.

Uma tradição que se tem vindo a perder, e que o Município de Borba e a Adega Cooperativa de Borba pretendem manter, tendo produzido cerca de oitocentos litros de vinho branco e idêntica quantidade de tinto no primeiro ano, produção que manterá para este ano. De recordar que o vinho produzido em 2010 foi dado a provar no Dia de S. Martinho, na Festa da Vinha e do Vinho. Para a produção dos vinhos foram seleccionadas as castas tradicionais da região, Rabo de Ovelha e Roupeiro para o vinho branco, Trincadeira, Periquita e Aragonez para o vinho tinto. Tendo em consideração as temperaturas amenas registadas nos meses de Agosto e Setembro, prevê-se um vinho branco bastante fresco e frutado, com um teor alcoólico previsto de 13,5% Vol, e um vinho tinto com muita cor, macieza e estruturado, com um teor alcoólico previsto de 14,5% Vol. No dia de S. Martinho, na Festa da Vinha e do Vinho, se poderá apreciar estas características, juntamente com as castanhas assadas, cumprindo o ditado popular “no dia de S. Martinho vai-se à adega e prova-se o vinho”, adega que será recriada no recinto do evento.

A produção do vinho de talha, tradicional no Alentejo, e única região do Mundo onde ainda se utiliza esta prática, terá sido iniciada pelos fenícios e difundida pelos romanos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. Bom vinho, linda terra! Borba é sem dúvida um destino maravilhoso, há anos que lá vou, espero voltar brevemente há festa do vinho e a sua rica gastronomia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *