Óbidos, Sociedade

Seminário “Uso Eficiente da Água no Sector Residencial” em Óbidos

A Quercus e a Águas do Oeste organizam, no próximo dia 6 de Outubro de 2011, um Seminário subordinado ao tema “Uso Eficiente da Água no Sector Residencial”, que decorrerá entre as 9 e as 16 horas no Convento de S. Miguel das Gaeiras, em Óbidos.

 

À luz do contexto nacional actual, em que o País regista um consumo de água bastante mais elevado, quando comparado com as necessidades reais dos vários sectores de actividade, este Seminário pretende estimular, junto da população e de profissionais, a reflexão sobre formas de promover o uso eficiente deste recurso essencial no contexto residencial, desde o abastecimento à utilização.

 

 

Projeto Ecocasa-Água acompanhou consumos de famílias

 

A realização deste Seminário insere-se no âmbito do projecto Ecocasa-Água, desenvolvido pela Quercus na Região Oeste, em parceria com a Águas do Oeste.

 

Incluído no projecto EcoCasa-Água está também o programa EcoFamílias-Água, cujo objectivo é acompanhar um conjunto de famílias de forma a analisar os seus consumos de água e avaliar a sua redução através da alteração de comportamentos. À semelhança do que já sucedeu noutras regiões do País, foram acompanhadas famílias dos municípios da região Oeste entre Novembro de 2009 e Junho de 2011, também em parceria com a Águas do Oeste.

 

 

Consumo urbano tem elevados custos de tratamento

 

O consumo urbano de água, que inclui o sector doméstico e os serviços, contribui em parte para os consumos elevados de água, representando, a nível nacional, 8 por cento da procura, sendo, no entanto, os sectores que têm mais custos associados ao tratamento, para a tornar potável: representa 46 por cento dos custos necessários de investimento na utilização de água.

 

Nos últimos 50 anos, o consumo de água mundial triplicou, sendo a quantidade de água disponível, por habitante, no ano 2000, menos de metade que em 1950. Podemos relacionar este aumento súbito de consumo com o aumento da população de 2,5 para 6,4 mil milhões de habitantes no mesmo período. De acordo com este cenário, a ONU afirma que a água será a causa maior de conflito mundial nas próximas décadas.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *