Mangualde, Sociedade

Mangualde vai ter uma Base de Apoio Logístico

É com elevada satisfação que a autarquia mangualdense apoia a criação de uma Base de Apoio Logístico (BAL) em Mangualde. O projecto, aprovado e candidatado ao QREN, representa um investimento de cerca de 400 mil euros, sendo comparticipado em 70%. A BAL vai ser criada nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Mangualde e deverá estar concluída dentro de dois anos.

 

Para João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, «esta obra é fundamental, porque representa uma centralidade distrital que é fulcral para o concelho, para a Protecção Civil Municipal e para os Bombeiros Voluntários que são uma referência no nosso concelho». O edil mangualdense considera que esta unidade «representa o reconhecimento de um grande trabalho feito ao longo dos anos pela direcção dos Bombeiros».

 

O objectivo da Base de Apoio Logístico passa, também segundo João Soares, Presidente da Direcção dos Bombeiros de Mangualde, por criar «uma nova centralidade distrital na protecção civil e no apoio logístico às forças de intervenção em catástrofe em toda a região centro», por exemplo diz João Soares, “se acontecer uma catástrofe em Viseu, Nelas, Penalva, etc. todas as forças de intervenção vão centralizar-se em Mangualde” explica. A BAL servirá de apoio a operações de socorro e no âmbito da protecção civil aos distritos de Viseu, Guarda, Vila Real e Coimbra. Para o Presidente da Direcção dos Bombeiros de Mangualde, a BAL «é a obra que faltava aos bombeiros e que no futuro pode ser rentabilizada». De acordo com João Soares a sua construção só é possível «depois da venda do antigo quartel».

 

Esta BAL vem complementar um conjunto de equipamentos e serviços que existem nos bombeiros: equipa de intervenção permanente, unidade local de formação de bombeiros. Este novo equipamento vai contemplar seis quartos colectivos com 10 camas cada, dois quartos individuais para alojamento dos comandos dos grupos de reforço, novos balneários e sanitários são algumas das valências a criar neste novo espaço. A nova infra-estrutura vai ser erguida aproveitando o que já existe no pavilhão multiusos dos bombeiros e no espaço adjacente.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *