Celorico de Basto, Sociedade

Celorico de Basto deu início às obras do Centro de Actividades Ocupacionais (CAO)

A Directora do Centro Distrital de Braga do Instituto da Segurança Social, Maria do Carmo Antunes, deslocou-se a Celorico de Basto para dar inicio às obras do Centro de Actividades Ocupacionais, Lar Residencial e Residência autónoma. Uma cerimónia que decorreu no dia 7 de Setembro, no salão nobre dos Paços do Concelho, em Celorico de Basto.

Esta obra implantada no Alto de São Silvestre visa apoiar as pessoas portadoras de deficiência dando-lhes a oportunidade de executar tarefas capazes de os motivar no progresso das suas vidas, referiu o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. “Procuramos criar mecanismos capazes de apoiar, activamente, as pessoas com mais dificuldades para a sua inserção na sociedade. Pessoas muitas vezes desprovidas de qualquer retaguarda familiar e que contam inteiramente com o apoio de instituições deste âmbito”.

“Temos actuado em diversos campos de desenvolvimento no concelho mas existem obras que são primordiais e esta é, sem dúvida, uma dessas obras” realçou o edil.

O autarca terminou a sua intervenção elogiando o trabalho da Directora da Segurança Social não só no concelho de Celorico de Basto mas em todo o distrito de Braga.

Durante a sua intervenção a Directora da Segurança Social enalteceu o trabalho do concelho no que respeita a obras sociais. “Celorico de Basto é um concelho preocupado com o futuro daqueles que mais precisam”.

Maria do Carmo Antunes sublinhou que esta “É mais uma obra notável conseguida sobretudo, pelo esforço dos agentes locais”.

A representante da Segurança Social terminou a sua intervenção destacando a importância do funcionamento da infra-estrutura imediatamente após a concretização da obra. “Note-se que esta obra abrange o Centro de Actividades Ocupacionais, Lar Residencial e Residência Autónoma, deverá funcionar imediatamente após a sua construção criando a complementaridade necessária para o bom funcionamento das três valências”.

Refira-se que o Centro de Actividades Ocupacionais terá capacidade para 30 utentes, a Residência Autónoma albergará 5 utentes e o Lar Residencial terá capacidade para 12 pessoas.

A obra estará concluída dentro de um ano e permitirá a criação de 30 novos postos de trabalho.

Após a cerimónia protocolar, todos os convidados seguiram para o local onde estão a decorrer as obras da infra-estrutura, sita no lugar de S. Silvestre, e assistiram ao momento da colocação da primeira pedra, a cargo da Directora da Segurança Social e do presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

A cerimónia contou com a presença do vereador da Educação, Fernando Peixoto, dos responsáveis de instituições de Solidariedade Social, dos membros do Conselho Local de Acção Social, dos representantes das IPSS, dos presidentes de junta entre outras individualidades que não quiseram perder o momento do início da obra.

Uma obra que surgiu de uma candidatura ao POHP (Programa operacional Potencial Humano) com a colaboração de agentes privados, orçamentada em cerca de 1 milhão e 500 mil euros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *