Cultura, Lamego

Paula Araújo convida lamecenses a conhecerem Histórias sem Idade – Lamego

     Tendo como destinatários “todos os que ainda têm imaginação e criatividade, circulando nas veias do seu pensamento”, Paula Araújo escreveu o livro Histórias sem Idade, o seu segundo passo no mundo do conto literário, após a sua estreia como autora da obra Cumpriu-se a Sentença do Céu. Um percurso literário feito com “bastante emoção”, ampliado pela enorme alegria que sentiu, na manhã de 18 de Agosto, ao apresentar pela primeira vez a colectânea de 10 contos infanto-juvenis na Biblioteca Municipal de Lamego, a sua terra natal.

     Nascida em Agosto de 1964, Paula Araújo cedo migrou para o Ribatejo na companhia dos seus pais, mas não mais esqueceu a cidade de Lamego, local que visita ainda hoje com regularidade. A autora afirma que ao escrever Histórias sem Idade e Cumpriu-se a Sentença do Céu procurou que a sua memória registasse por palavras o que lhe ia no coração. A paixão pela escrita começou ainda jovem com a poesia o que lhe valeu a conquista de alguns prémios. Recentemente, decidiu experimentar o jornalismo, escrevendo artigos de opinião para um jornal de Torres Novas, terra onde vive.

     Assistiram à apresentação da colectânea Histórias sem Idade na Biblioteca Municipal, muitos amigos e familiares de Paula Araújo, para além de ter contado com a presença de Manuel Coutinho, Vereador da autarquia de Lamego, que assumiu o compromisso público de esta obra passar em breve a estar disponível no espólio da rede de bibliotecas escolares do concelho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

  1. A Câmara de Lamego, com tanta obrigação de investigar e publicitar a História da Cidade e da Região do Ribadouro de Egas Moniz… -…… vai mesmo atafulhar ainda mais a rede de bibliotecas com mais historinhas da carochinha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *