Celorico de Basto, Cultura

Milhares de pessoas visitaram a XIV Feira de Artesanato e Gastronomia em Celorico de Basto

É já a XIV edição de um certame procurado por milhares de pessoas oriundas da região de Basto e de todo o país que procuram boa gastronomia, artesanato com qualidade e muita animação, características que são ponto assente neste evento.

Aliás, o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, foi peremptório ao mencionar a qualidade que a feira apresenta de ano para ano. “Não é fácil, nos tempos que correm, com esta conjuntura económica, conseguir realizar eventos desta envergadura. Mas, noto, a cada edição, que este certame é já uma imagem de marca do concelho que atrai milhares de pessoas oriundas de todos os pontos do país, emigrantes, e turistas, que marcam as férias propositadamente para puderem visitar este evento. Esse facto é motivador para trabalhar de forma a conseguirmos tornar a feira cada vez mais atractiva junto dos expositores e visitantes, onde se nota a qualidade dos produtos expostos ”, referiu o autarca.

Importa referir que esta feira é imagem do convívio num reavivar de memórias. “Este é um certame onde pode ser encontrada gastronomia da melhor qualidade e verdadeiras obras-primas artesanais num ambiente propício para a confraternização”, concluiu o edil.

Note-se que o certame contou com 150 expositores oriundos de vários pontos do país que apresentaram grande variedade de produtos feitos com diferentes materiais. Verdadeiras obras – primas enchiam o recinto e os olhares atentos de quem passava. Quadros, figuras em madeira, bijuterias, objectos em mármore, produtos em tecido, os tradicionais linhos, cerâmicas e muito mais numa miscigenação de produtos que enriqueceram a feira, numa partilha única de património cultural. Foram ainda apresentadas algumas actividades económicas que marcam o desenvolvimento da região em certos sectores.

Paralelamente, os visitantes puderam aprimorar outros sentidos nomeadamente o paladar ao degustar verdadeiras iguarias nos diversos restaurantes que marcaram presença no recinto. Tasquinhas para provas de vinhos e doces regionais são imagem de marca numa feira com muita tradição gastronómica.

Um certame que contou ainda com animação ao som de diversos grupos que animaram as noites e que prenderam muitos dos visitantes junto ao palco. A referir, o rancho Folclórico “Amigos do Castelo”, o Grupo “ Os amigos das Tainadas”, o grupo “Uxu Kalhus”, o grupo “Cavaquinhos da escola Profissional de Fermil”, o grupo “Lenga Lenga”, os “Agrupados”, os “Suspensórios”, o Grupo “Omnis, e a Tuna de Arnoia, uma oferta musical diversificada.

Apresentou ainda, animação permanente, animação infantil e sessões de pirotecnia. Um leque de ofertas que cativaram miúdos e graúdos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *