Desporto, Estarreja, Sociedade

Loteamento do Complexo de Desporto e Lazer cria espaço residencial e para ténis em Estarreja

A Câmara Municipal de Estarreja deu luz verde ao projecto de Operação Urbanística de Loteamento Urbano que, centralizando-se na implementação da nova Piscina Municipal (com uma diversidade das actividades desportivas complementares, como ginásio, “health club”, hidromassagem, sauna, solário e jacuzzi), potenciará também a devida harmonização com a envolvente, criando a norte uma pequena área residencial com 8 lotes e, a sul, 2 courts de Ténis.

 

Trata-se de cumprir o objectivo global de qualificação urbana daquela área e de expansão do centro da cidade, sendo estes equipamentos enquadrados por áreas verdes de uso colectivo que promoverão a correcta integração paisagística, consolidando em terrenos incluídos no domínio privado municipal o Complexo Municipal de Desporto e Lazer e a sua envolvente no Lugar da Quinta Velha, freguesia de Beduído.

 

Anunciada em Janeiro aquando da inauguração do Complexo, a construção dos campos de Ténis visa corresponder a uma necessidade de oferta desportiva há muito reivindicada, dada a popularidade da modalidade e a ausência de alternativas (municipais ou privadas) com capacidade de resposta. Estando garantido o apoio logístico na nova Piscina, torna-se expectável a sua elevada utilização, prevista para o início de 2012.

 

Por outro lado, aproveitando as actuais mais-valias desportivas, escolares e comerciais naquela área, com a presente acção pretende-se a constituição de 8 lotes destinados a ocupação/ edificação residencial, a ser colocados no mercado para construção de moradias em banda.

 

A concretização desta operação de loteamento depende de obras de urbanização, tornando-se portanto, necessário que seja determinada a promoção dos projectos de engenharia das especialidades, designadamente:

 

– Infra-estruturas viárias;

 

– Arranjos Exteriores/espaços verdes;

 

– Redes de abastecimentos de águas, esgotos e drenagem;

 

– Rede de gás;

 

– Rede de Electricidade (incluindo iluminação pública);

 

– Rede de telecomunicações;

 

 

A referida proposta de loteamento, agora aprovada, não carece de ser sujeita a discussão pública, pois não são excedidos no seu âmbito, qualquer dos limites previstos nas alíneas a) a c) do Artigo 8.º do Regulamento Municipal de Administração Urbanística (RMAU).

 

 

RUA TAVARES DA SILVA VAI PARA CONCURSO

 

Paralelamente, a Rua Tavares da Silva que, estrutura  esta Área Desportiva Municipal, após contacto com os proprietários, tem o projecto de remodelação em fase de conclusão. Articulando com a Rua Dr Jaime Ferreira da Silva,  que serve a Escola Secundária – também em obras –  perspectiva-se uma radical transformação da qualidade e segurança dos acessos, com a criação de passeios e de pista mista.

 

O calendário de lançamento a concurso aponta para Setembro próximo, numa intervenção que terá financiamento parcial de fundos europeus

 

Por esta via, consubstanciar-se-á o modelo de organização territorial previsto no instrumento de planeamento territorial vigente (PUCE – Plano de Urbanização da cidade de Estarreja) no tocante à qualificação do parque de equipamentos desportivos ao crescimento habitacional e à rede viária.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *