Sociedade, Vila Real de Santo António

Plano Local de Emprego de VRSA em funcionamento

Realizou-se ontem, em Vila Real de Santo António a primeira reunião sobre o Plano Local de Emprego, que juntou diversas entidades locais e regionais, com vista ao início da actividade e apoio da mesma, por parte da autarquia e do IEFP aos desempregados do concelho.

 

O referido Plano surge no seguimento do acordo assinado no passado dia 13 de Maio, Dia do Município, entre a autarquia e o IEFP (Instituto de Emprego e Formação Profissional), com o objectivo de ajudar quem se encontra em situação de desemprego criar formas de facilitar a procura e posterior integração no mercado de trabalho.

 

Devido às condições económicas e financeiras que o País atravessa, muitas famílias encontram-se no desemprego ou com durações de períodos de emprego cada vez mais reduzidas. Pretende-se com esta união de esforços, entre o Município e o Instituto de Emprego e Formação Profissional local, alcançar soluções mais eficientes e favoráveis à reintegração dos munícipes desempregados, com vista a combater o desemprego e dinamizar o mercado de trabalho em VRSA.

 

O Plano pretende implementar acções concretas que visem a melhoria das condições do mercado de emprego em VRSA, nomeadamente o estímulo ao empreendedorismo, incentivar o recurso ao microcrédito para a criação de pequenos negócios, a criação de emprego pelas empresas locais, entre outras.

 

A autarquia, em conjunto com o IEFP, vai tentar criar uma estratégia de relançamento do mercado de emprego em VRSA, por forma a alcançar soluções mais eficientes e favoráveis à reintegração do mercado de emprego de VRSA.

 

Integrado neste Plano está também a assinatura de um Protocolo com a DECO, que tem como objectivo criar um espaço municipal de apoio e esclarecimento ao sobreendividado, onde seja fornecida informação inerente a esta temática, e com o intuito de criar um futuro espaço municipal.

 

Este espaço vai ajudar o consumidor ao nível da assistência necessária aos processos de sobreendividamento, assim como ajudar na negociação dos encargos/créditos de acordo com os requisitos de actuação definidos pela DECO. A Deco, no seguimento da sua vasta experiência tem ainda vários projectos de formação que podem ser potenciados e que ajudarão os munícipes interessados.

 

 

Se precisa de Agência de design gráfico pode ver a Livetech

Para fazer a Destartarização dos seus dentes vá a Medway

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *