Desporto, Oliveira de Azeméis

Equipas portuguesas e espanholas no memorial de ciclismo Bruno Neves – Oliveira de Azeméis

O 3º Memorial Bruno Neves, prova de ciclismo a contar para a Taça de Portugal/Liberty Seguros, sai para a estrada no dia 28 de Maio com a participação de nove equipas portuguesas e duas formações espanholas.
A prova destina-se a corredores das categorias elites e Sub-23 e vai ligar a cidade de Oliveira de Azeméis à freguesia de Nogueira do Cravo, terra natal do ciclista vítima de um acidente quando disputava, em 2008, o Grande Prémio de Amarante a contar para a Taça de Portugal de Elites.
A partida será dada às 14h00 do Largo da República, em Oliveira de Azeméis, estando a chegada prevista para as 17h30 em Nogueira do Cravo depois dos ciclistas percorrem os 135 quilómetros de prova.
O percurso tem duas metas volantes aos quilómetros oito e 32 e um prémio de montanha logo aos 14 quilómetros da corrida. A meta está instalada próximo da junta de freguesia.
«Será um percurso que irá envolver muita luta entre os ciclistas», afirmou o director desportivo da prova, José Augusto Silva, na apresentação do evento apoiado pela Câmara de Oliveira de Azeméis.
A prova velocipédica vai na terceira edição e, pela primeira vez, vê associada a ela o município de São João da Madeira pelas relações afectivas existentes entre o ciclista e a cidade onde venceu uma etapa da volta a Portugal.
No domingo realiza-se o I Troféu Concelhio Oliveira de Azeméis/GEDAZ, prova do calendário velocipédico nacional e a disputar em duas etapas.
O memorial é promovido pela escola de ciclismo Bruno Neves, uma associação criada há três anos para perpetuar a memória do ciclista e promover a modalidade.
O trabalho desenvolvido junto dos jovens mereceu elogios do vice-presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), Delmino Pereira.
«A associação tem sido extraordinária no fomento do ciclismo», disse o dirigente federativo deixando claro o apoio da FPC a estas provas.
«A Federação estará sempre disponível para apoiar estas iniciativas de estímulo à modalidade», disse considerando Bruno Neves um atleta de eleição.
O presidente da junta de freguesia de Nogueira do Cravo, Manuel Rebelo, recordou também o malogrado ciclista e a escola em seu nome. «É com o Bruno Neves que conseguimos que o desporto esteja mais vivo. Não posso deixar de assinalar o trabalho de fundo da escola de ciclismo que é demonstrativo do que deve ser o desporto e o ciclismo», afirmou.
O vereador do desporto da autarquia de Oliveira de Azeméis, Pedro Marques, considerou a iniciativa «uma prova única no panorama do ciclismo nacional» realçando que «é com estes exemplos que prestigiamos o desporto».
«Espero que seja uma grande festa do ciclismo porque esse é o grande alcance do memorial», disse Pedro Marques, realçando o trabalho da escola de ciclismo que definiu ser «uma referência».
A festa do ciclismo prossegue no domingo com o I Troféu Concelhio Oliveira de Azeméis/GEDAZ. A primeira etapa inicia-se às 09h30 com partida em frente à Câmara de S. João da Madeira, numa extensão de 82 quilómetros. A chegada é na Avenida António José de Almeida, em Oliveira de Azeméis depois dos ciclistas percorrerem as 19 freguesias do concelho.
A segunda etapa, disputada em circuito urbano, inicia-se às 16h00 e levará os ciclistas a percorrer 20 voltas num total de 66 quilómetros.
A Associação de Cicloturismo do Centro, em parceria com a autarquia, empresa GEDAZ e escola de ciclismo Bruno Neves, associa-se ao evento com a realização de um passeio de cicloturismo. A concentração é às 14h00 frente às piscinas municipais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *