Ansião, Sociedade

Prefeito da cidade de Santos visitou Ansião

O prefeito da cidade de Santos, João Paulo Papa, foi recebido em Ansião a 12 de Maio. As duas localidades são geminadas desde 1996 e vários têm sido os momentos de contacto entre responsáveis autárquicos das duas localidades. Apesar disso, esta foi a primeira vez que João Paulo Papa teve oportunidade de visitar Ansião, pelo que o seu homólogo local, Rui Rocha, ofereceu à delegação uma visita a alguns locais emblemáticos do concelho. Uma visita que se iniciou mesmo em Ansião, pela rua Cidade de Santos, e prosseguiu depois com uma visita ao complexo monumental de Santiago da Guarda. Depois dessa paragem dedicada ao património, seguiu-se a visita ao Centro de Negócios de Ansião, onde um atento João Paulo Papa ouviu as ideias de Rui Rocha e, nas suas próprias palavras, se inspirou para uma ideia semelhante que tem para a sua cidade, também da perspectiva da incubação de empresas. Depois a delegação seguiu para visitar o Estúdio 33, de Luís de Matos, que guiou uma visita às instalações, ao estúdio, à biblioteca mas, sobretudo, à sua visão do que é a magia enquanto cultura e enquanto arte. Logo ali João Paulo Papa deixou bem marcada a vontade de receber em breve o mágico no Brasil. Terminado o breve périplo pelo concelho (a delegação passava apenas uma tarde em Ansião), aconteceu uma recepção solene nos Paços do Concelho. Uma recepção marcada por uma forte carga emotiva, sobretudo quando foi mencionado o esforço e dedicação de todos os emigrantes que, há várias décadas, rumaram ao Brasil em busca de uma vida melhor. Era o caso do empresário Arménio Mendes, cujo papel no âmbito da geminação entre Santos e Ansião foi apontado por todos os intervenientes como símbolo de esforço e dedicação. A assinatura de um documento evocativo deste encontro e a troca de lembranças foram outros momentos plenos de simbolismo. À noite aconteceu um jantar convívio, acompanhado pela orquestra ligeira da Sociedade Filarmónica Ansianense de Santa Cecília.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *