Arouca, Cultura

Concerto sinfónico para comemorar 10 anos de amizade Arouca/Santos

A Câmara Municipal de Arouca promove um concerto comemorativo do 10.º aniversário da Geminação Arouca/Santos. Hoje, dia 13 de Maio, sexta-feira, às 21:30, na Igreja do Mosteiro de Arouca, o maestro Luís Gustavo Petri, maestro da Orquestra Sinfónica de Santos, dirige a Orquestra Filarmonia das Beiras, num concerto que promove os laços afectivos entre Arouca e Santos. A entrada é livre.

 

Do Programa constam obras de Rodrigo Vitta, Ernst Mahle, Claudio Santoro, Radamés Gnatalli, A. Nepomuceno, A. Mehmari e Heitor Villa-Lobos.

 

Luís Gustavo Petri, estreou-se como maestro em 1987, com Orquestra Sinfónica Jovem Municipal (hoje, Orquestra Experimental de Repertório). Em 1993 foi convidado pela Prefeitura Municipal de Santos para criar a actual Orquestra Sinfónica Municipal de Santos, da qual é maestro desde 1994. Como maestro convidado, dirigiu, entre outras, as orquestras Sinfónica Municipal de São Paulo, Sinfónica de Santo André, Sinfónica de Belo Horizonte, Filarmónica e Coral Amazonas. Tem-se distinguido também como pianista e compositor, especialmente de bandas sonoras e música cénica.

 

A Orquestra Filarmonia das Beiras é composta por músicos de diversas nacionalidades, com uma média etária jovem, sendo, desde 1999, dirigida artisticamente pelo maestro António Vassalo Lourenço. Norteada por princípios de promoção e desenvolvimento da cultura musical, através de acções de captação, formação e fidelização de públicos e de apoio na formação profissionalizante de jovens músicos, democratizando e descentralizando a oferta cultural, a OFB tem dado inúmeros concertos, além de desenvolver frequentes e constantes actividades pedagógicas (programas pedagógicos infanto-juvenis, cursos internacionais vocais, instrumentais e de direcção de orquestra, etc.). Apresenta, desde 2006, produções de ópera, música para filmes ou o teatro musical, de forma a chegar ecleticamente ao público, através da colaboração com diversos artistas do panorama nacional onde se incluem Maria João, Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Dulce Pontes, David Fonseca, Nuno Guerreiro, Mariza, Gilberto Gil, Carlos do Carmo, entre outros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *