Póvoa de Varzim, Sociedade

Clube de Caçadores da Estela inaugurou sede – P. Varzim

No passado dia 8 de Maio, realizou-se a cerimónia da inauguração da sede social do Clube de Caçadores da Estela.
Estiveram presentes na sessão José Macedo Vieira, Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Jacinto Amaro, Arlindo Cunha e Galinha Barreto, Presidente e Vice-presidentes da Fencaça, respectivamente, Aires Pereira, Vice-Presidente da autarquia poveira e Presidente do Conselho Cinegético Municipal, e José Armandino, Presidente da Junta de Freguesia da Estela, bem como representantes de outras entidades civis e de diversos de clubes de caçadores.
José Macedo Vieira realçou que a obra só foi possível graças ao dinamismo, capacidade empreendedora e determinação dos directores do clube, em especial do seu presidente. O edil referiu ainda que o município da Póvoa de Varzim irá apoiar a construção desta sede, prevendo para o efeito a atribuição de um subsídio.
José Manuel Almeida, presidente do Clube de Caçadores da Estela, afirmou que a obra se devia essencialmente à capacidade mobilizadora que conseguiu imprimir junto dos associados, empresas e amigos, para que todos fossem contribuindo com donativos, materiais e trabalho. Explicou ainda que com isso, foi possível construir um edifício cujo orçamento estimativo era de cerca de 250 000 euros por cerca de metade do valor previsto, embora reconheça que ainda faltam executar algumas obras até ser possível a utilização do mesmo.
Jacinto Amaro mostrou-se sensibilizado com a capacidade empreendedora deste clube que, referiu, deverá constituir um exemplo não só para outros clubes mas e também para uma sociedade civil cada vez mais descrente.
Entre três a quatro mil pessoas, presenciaram a cerimónia, que, num verdadeiro ambiente de festa demonstraram o seu apreço pela obra realizada e tiveram ainda a oportunidade de assistirem à actuação de Augusto Canário e de um grupo de música popular (Grupo Novas Tradições) constituído por elementos daquela freguesia.
A obra foi iniciada em 21 de Março de 2009, conforme consta da inscrição existente num elemento escultórico que constitui a 1ª Pedra do imóvel.
Trata-se de um edifício de linhas modernas, bem inserido no meio envolvente, graças aos materiais e formas com que se desenvolve, havendo uma predominância no uso de madeira e alumínio lacado numa cor que se confunde com toda a vegetação onde o mesmo se implanta.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *