Évora, Sociedade

Fundição de Évora homenageia trabalhadores no 25º aniversário

A Fundição de Évora comemorou o seu 25 º aniversário no passado fim-de-semana com os seus colaboradores e entidades convidadas. 

As comemorações decorreram nas instalações no Parque Industrial e Tecnológico de Évora, tendo a participação da Câmara Municipal sido feita por Francisco Costa (em representação do Presidente da Câmara de Évora), que realçou a coincidência dos 25 anos da Fundição com as comemorações da cidade como Património Mundial. Entregou aos administradores da Fundição Michel Barbier de La Serre (Presidente do grupo Aluthea), bem como a Jean Shréder (Presidente do Grupo Shréder), um galardão da cidade que consistiu num exemplar em vidro do Templo Romano. 

O Presidente da Associação Portuguesa de Fundições, Luís Villas-Boas homenageou os funcionários que mais se destacaram ao longo destes 25 anos: Joaquim Candeias por estar ao serviço da empresa há 25 anos e Manuel Moreira por ter salvo a vida a um colega. António Pinheiro Torres, Administrador da Fundição, afirmou que só foi possível este salvamento devido à aposta na formação humana e técnica dos funcionários. 

Em 2010, A Fundição de Évora facturou 3,9 M€, com uma produção de 700 toneladas, o que representa 5% do total nacional. Para 2013, pretende-se atingir um aumento da facturação de 6M€. 

Pertencente ao grupo Aluthea, a Fundição de Évora tem desenvolvido, desde 1986, competências na produção de peças com elevada qualidade de acabamento para os sectores da iluminação exterior e electrodomésticos. 

Especializada na concepção e fabricação de peças em alumínio, através de fundição injectada ou por gravidade, tem como sectores de actividade: iluminação interior / exterior e peças de aspecto. 

Com uma forte tendência para os mercados internacionais, 87% da actividade da Fundição de Évora destina-se à exportação para 20 países: 33% França, 18% Espanha, 14% Reino Unido, 9% Alemanha/ Áustria, 14% outros países Europa Ocidental, 10% Países Europa Central e Oriental e outros. 

“Um aspecto importante do dinamismo da empresa será, em 2011, aumentar mais 40 por cento da actividade em relação a 2009, com novos produtos que vêm na sequência de um grande investimento de 300 mil euros realizado na modernização da unidade de Évora”, considerou Hugo Texier, o Director Geral da Fundição de Évora.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *