Sociedade, Vendas Novas

3ª Conferência Internacional do Montado e da Cortiça em Vendas Novas

No dia 20 de Maio, realiza-se, a partir das 9h00 no Auditório Municipal, a 3ª Conferência Internacional do Montado e da Cortiça, no âmbito do “Ciclo de Conferências InovFILDA – Conferências para a Inovação e o Desenvolvimento Tecnológico”, uma aposta do Município de Vendas Novas num novo e diferenciador modelo organizacional encontrado em conjunto com os seus parceiros estratégicos e que se desenrolará em três momentos principais durante o ano de 2011, e focalizados nas potencialidades logísticas e industriais de Vendas Novas, nomeadamente o Montado e a Cortiça, as Áreas de Especialização Industrial do Alentejo, Logística e Parques Empresariais e a Eficiência Energética.

Do programa constam diversos painéis: “Necessidades e Desafios da indústria corticeira – Que soluções”, “Apoio à actividade corticeira e à sua promoção internacional, “Sustentabilidade e biodiversidade do montado” e “Indústria corticeira – futuro e reforço de competências”, com a presença de vários especialistas, técnicos e responsáveis na área.

No presente ano o Município de Vendas Novas, pretende ser mais ambicioso e além de organizar apenas as habituais conferências, irá disponibilizar um espaço de exposição estritamente profissional, onde se prevê a presença dos diferentes agentes e stakeholders representativos do sector Corticeiro do Alentejo, Portugal e Espanha, nomeadamente empresas, produtores, estruturas associativas representativas, entidades públicas diversas, instituições de ensino superior e centros de investigação e desenvolvimento tecnológico, bem como a apresentação de projectos inovadores e novos produtos desenvolvidos com base da matéria-prima – Cortiça.

A iniciativa, co-financiada pelo QREN/INAlentejo, é organizada pelo Município de Vendas Novas, em parceria com o Parque Industrial de Vendas Novas, a ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo S.A., o BES, a Delta Cafés e as Águas Públicas do Alentejo, com a colaboração da AFLOPS – Associação de Produtores Florestais, o ICAAM – Instituto das Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas, a Autoridade Florestal Nacional, a APCOR – Associação Portuguesa de Cortiça e a UNAC União da Floresta Mediterrânica.

As inscrições para os participantes encontram-se abertas, até ao dia 15 de Maio, no GADE – Gabinete de Apoio e Desenvolvimento ou através do site oficial www.filda.com.pt.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *