Educação, Oliveira de Azeméis

Congresso nacional distingue projecto ambiental de Oliveira de Azeméis

O projecto ambiental «Laboratório Pingote», da Câmara de Oliveira de Azeméis, foi seleccionado para ser apresentado no IV Congresso Nacional das Cidades Educadoras como um exemplo de boas práticas de educação para a sustentabilidade.
O congresso realiza-se em Lisboa entre os dias cinco e sete de Maio, na Universidade Lusófona, sob a temática «A cidade educadora e o ambiente: problemática global, respostas locais».
«O projecto destina-se a sensibilizar as crianças dos jardins-de-infância e escolas do ensino básico para a importância da água e estará representado num workshop, integrado no tema ‘A educação para o desenvolvimento sustentável’», afirmou o vereador do ambiente, Isidro Figueiredo.
«A divulgação do projecto dará uma maior amplitude à política ambiental do município servindo de exemplo a outras cidades educadoras», disse.
O laboratório itinerante «Pingote» está a associado ao tema da água e percorre as escolas do concelho de Oliveira de Azeméis proporcionando aos alunos a prática de experiências com recurso, na sua maioria, a materiais recicláveis.
O laboratório é montado na própria sala de aula onde são realizadas experiências simples e divertidas destinadas a despertar e a desenvolver nas crianças o gosto, a curiosidade e a observação pela experimentação científica.
Na componente teórica do projecto, os alunos são confrontados com várias temáticas como o ciclo da água, a sua importância no dia-a-dia, a poupança deste recurso, usos incorrectos e a sua distribuição no planeta.
A parte prática explora o conceito de pressão atmosférica, a importância do ar, o comportamento dos objectos na água, o ciclo natural, exemplos de poluição e formas de tratamento da água.
Segundo a autarquia, «não há melhor forma das crianças aprenderem do que experimentando pois ao fazerem experiências descobrem muitas respostas, ficando também mais informadas e sensibilizadas para a importância da água no dia-a-dia».
O «Laboratório Pingote» arrancou no ano lectivo 2009/2010 com a participação de 38 estabelecimentos de ensino (22 jardins-de-infância e 16 EB1), num total de 2 900 alunos.
Este ano lectivo o projecto envolve 19 escolas, totalizando mais de mil alunos.
A autarquia lançou em 2010 o concurso «Com o Pingote a experimentar…Vais ganhar» no âmbito do qual as turmas desenvolveram uma campanha de sensibilização sobre a necessidade da preservação, poupança e uso eficiente da água.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *