Coimbra, Cultura

Oficina de Contos, concertos de Maize e Lulas Belhas e muita animação assinalam edição de Abril do Mercado Quebra Costas – Coimbra

O Mercado Quebra Costas, projecto de intervenção, revitalização e dinamização do espaço público, organizado e promovido pela Associação Cultural de Música e Teatro – Arte à Parte, regressa no próximo dia 9 de Abril, sábado, entre as 11.00 e as 24.00 horas.

No que se refere à  sua vertente comercial, o Mercado vai contar com a presença de mais de três dezenas de criadores de áreas distintas, designadamente produtos de artesanato urbano, tais como roupa, bijutaria, acessórios, artigos em segunda mão, artigos de design, CDs e discos de vinil, mas também alguns produtos alimentares, entre outros artigos. E porque em Abril se comemora o Dia Mundial do Livro, a editora conimbricense Alma Azul, presença assídua no Mercado Quebra Costas, dedicará este mês a essa efeméride.

Do programa consta uma actividade educativa destinada a crianças entre os 5 e os 12 anos. Nesta edição, a organização do Mercado Quebra Costas propõe uma oficina de contos a partir da história infantil “Lucilina e Antenor”, dinamizada por Maria Inês Pinela, a partir de um texto original de Matilde Rosa Araújo. A actividade será apresentada em duas sessões, a primeira pelas 11.00 horas, no Pátio do Castilho, e pelas 15.00 horas no Espaço Lounge.

Para as 15.00 horas, está também agendada a realização de uma visita-guiada à zona da Alta de Coimbra, numa parceria com a Câmara Municipal de Coimbra, através do seu Gabinete para o Centro Histórico.O principal objectivo desta iniciativa é dar a conhecer a história desta zona nobre e o património existente, bem como apresentar o trabalho feito ao nível da reabilitação urbana e o impacto que esta tem vindo a ter na vida social da cidade.

Para participar nas actividades educativas (11.00 às 12.00 horas e 15.00 às 16.00 horas) ou nas visitas guiadas (15.00 às 17.00 horas), os interessados deverão dirigir-se, no próprio dia, à Banca de Produção, instalada no espaço do Mercado, onde poderão formalizar a sua inscrição gratuita, esclarecer dúvidas e receber outras informações.

A Associação Cultural Sítio de Sons dá a conhecer um dos projectos da sua Escola de Música, num concerto de um combo de jazz composto por um professor e alunos deste reputado estabelecimento de ensino, que vai decorrer nas escadas do Quebra-Costas, pelas 18.00 horas.

Mais tarde, pelas 21.00 horas, o Pátio do Castilho, vai encher-se de sons de rock progressivo com os Maize. Este “power trio” de Viseu é composto por Daniel na guitarra, Ricardo no baixo e Pedro na bateria. A propósito do seu trabalho, a banda refere ter: “fortes influências blues, hard rock, rock psicadélico e heavy metal dos 60’s/70’s e do stoner rock e stoner doom dos 90’s” ingredientes com que “constroem riffs misteriosos, batidas poderosas e atmosferas pesadas que, em conjunto, resultam em espectáculos intensos e fascinantes.”

Cerca de uma hora depois, às 22.00 horas, entram em palco as Lulas Belhas (Figueira da Foz), grupo que se descreve como sendo “uma banda sem rótulo e sem prazo de validade” e que explora sonoridades punk-rock e hardcore, cantadas em português.

A animação prossegue com um djset de Besugo (Fitacola) na Sala Arte à Parte e Tiago Eiras (COSANOSTRA) no Bar Quebra, a partir das 23.00 horas.

O evento conta também com a colaboração das lojas que têm actividade na zona do mercado. Nesse sentido, a Quebra Orelha – loja de música, livros, banda desenhada e merchandising – situada na Rua do Quebra Costas, fará a animação musical do espaço do Mercado ao longo de todo o dia.

A Sala Arte à Parte (sede da Associação organizadora do evento, situada na Rua Fernandes Tomás, 17) estará também aberta ao público, durante todo o horário do Mercado, disponibilizando aos visitantes serviço de cafetaria, acesso gratuito à internet e música ambiente.

Sobre o Mercado Quebra Costas

Esta iniciativa realiza-se nos segundos sábados de cada mês (excepto em Junho, mês em que se realiza no terceiro fim de semana), estando as edições seguintes previstas para os dias 14 de Maio, 18 de Junho, 9 de Julho, 13 de Agosto, 10 de Setembro e 8 de Outubro.

Organizado e promovido pela Associação Cultural de Música e Teatro Arte à Parte, o Mercado Quebra Costas decorre em pleno Centro Histórico da cidade de Coimbra, mais precisamente na Rua Quebra-Costas e espaços envolventes, designadamente o Pátio do Castilho e a Sede da Associação Arte à Parte (Rua Fernandes Tomás).

Trata-se de um evento que entende o espaço urbano como um território privilegiado para o diálogo permanente, aberto à experimentação artística e à participação de todos os cidadãos (portugueses e estrangeiros).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *