Seixal, Sociedade

Agricultura Urbana e Sustentabilidade em debate no Seixal

Nos dias 7 e 8 de Abril de 2011, o Auditório Municipal do Seixal recebe o Congresso Internacional Agricultura Urbana e Sustentabilidade, que propõe o debate e troca de experiências sobre uma temática que é hoje em dia reconhecida como parte da solução para os problemas do crescimento urbano. A iniciativa conta com a presença do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Rui Barreiro, e do Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Alfredo Monteiro.
O congresso irá apresentar sessões temáticas, workshops, exposições e exibição de filmes, promovidas por especialistas nacionais e internacionais sobre os temas do Planeamento e Politicas Públicas, Saúde, Nutrição e Segurança Alimentar, Integração Social, Participação Cívica e Cidadania, Educação Ambiental, Agricultura Sustentável e Saúde Pública.A importância da Agricultura Urbana cresceu rapidamente nas últimas duas décadas, passando a fazer parte da agenda internacional, quer em termos de desenvolvimento de políticas quer de concretização de projectos. As iniciativas promovidas e o trabalho desenvolvido neste âmbito reflectem-se hoje na efectiva consciencialização das autoridades nacionais e locais sobre a importância que o acesso aos meios para produção de alimento tem nas comunidades urbanas, tendo essas mesmas autoridades começado a trabalhar com os agricultores urbanos em vez de estar contra eles.
Durante a última década, o município do Seixal, através dos seus cidadãos, técnicos e políticos, tem procurado estratégias de concretização de projectos de Agricultura Urbana e organiza, este ano, este congresso internacional, em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa e com a Escola Superior Agrária de Coimbra.
No dia 7 de Abril, comemora-se o Dia Mundial da Saúde e o Congresso assinala o momento com a “Caminhada da Primavera Seixal Saudável”, que se realiza no dia 10 de Abril, domingo, e que inclui uma visita às hortas urbanas existentes na zona da Quinta da Princesa. 
 
A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal do Seixal, em colaboração com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa e a Escola Superior Agrária de Coimbra – Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Urbana.
As inscrições podem ser realizadas através dos Serviços On-line, no site da Câmara Municipal do Seixal.
Agricultura Urbana
A Agricultura Urbana é um conceito dinâmico que compreende uma variedade de sistemas e de meios que variam desde a produção de subsistência, como meio de fazer face à crise social e económica, até à agricultura actividade rentável. Ocorre um pouco por todo mundo e em diferentes contextos socioeconómicos e políticos, apresenta como particularidade fundamental a diversidade, podendo adaptar-se a uma grande variedade de situações urbanas e a diferentes necessidades das partes envolvidas. A Agricultura Urbana contribui para o desenvolvimento urbano sustentável, através de impactes positivos nas esferas social, económica e ecológica.
Tem cada vez mais peso na agenda internacional, sendo hoje em dia reconhecida como parte da solução para os problemas do crescimento urbano, integrando as estratégias de sustentabilidade, tanto nas cidades dos países desenvolvidos como em vias de desenvolvimento.
Luc J.A. Mougeot, no livro “Growing Better Cities: Urban agriculture for sustainable development” deixa uma mensagem bastante pertinente: “As autarquias devem começar a fazer a pergunta certa: O que pode a Agricultura Urbana fazer pelo meu município? Em vez de: O que pode o meu município fazer pela Agricultura Urbana?”.
É com o objectivo de encontrar algumas das respostas certas à pergunta certa que se propõe este debate de ideias e troca de experiências com representantes nacionais e internacionais.
Programa
8.30 horas – Recepção
9 horas – Sessão Abertura
Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Alfredo Monteiro / Vereador do Pelouro do Ambiente e Serviços Urbanos, Joaquim Tavares/ Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Rui Barreiro / Vice-presidente da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, Susana Fonseca
9.45 horas – Pausa para café
Painel 1 – Planeamento e Políticas Públicas
Moderador: Gonçalo Ribeiro Telles (Arquitecto Paisagista)
Relator: Giovanni Allegretti (Arquitecto, Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
10 horas – Alcançar Paisagens Urbanas Produtivas Contínuas na cidade (CPUL), passando da teoria à prática
Andre Viljoen
Bohn & Viljoen Architects e University of Brighton, REINO UNIDO
Katrin Bohn
Bohn & Viljoen Architects e Technical University of Berlin, REINO UNIDO
 
10.20 horas – Agricultura Urbana em Teresina: Hortas Comunitárias e Geração de Emprego e Renda
Juliana Portela e Maria do Socorro Monteiro
Universidade Federal do Piauí, BRASIL
10.40 horas – O projecto Cidade da Cenoura: Projectos de Agricultura Urbana
Mark Gorgolewsky, June Komisar, Joe Nasr e Nicholas Potovsky
Ryerson University – Toronto, CANADÁ
11 horas – Horta do Lar (HoLa): Micro soluções para a sustentabilidade da família em tempos de crise
Luis Saboga Nunes
Escola Nacional de Saúde Pública – Universidade Nova de Lisboa, PORTUGAL
11.20 horas – Agricultura Urbana: Uma nova estratégia para a Estrutura Verde de Lisboa
José Sá Fernandes, Rita Folgosa, Duarte Mata e Graça Ribeiro
Câmara Municipal de Lisboa, PORTUGAL
11.40 horas – Debate
12 horas – Almoço
13.30 horas – Posição e desafios ao nível da formulação de políticas, planeamento e design para agricultura urbana e peri-urbana
Marielle Dubbeling
Resource Centre on Urban Agriculture and Food Security (RUAF), HOLANDA
13.50 horas – Agricultura urbana porquê?
Manuela Raposo Magalhães
Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista Professor Francisco Caldeira Cabral, PORTUGAL
14.10 horas – Agricultura na Sustentabilidade Social Urbana numa Sociedade em Mudança
Mara Sé e Lia Vasconcelos, PORTUGAL
14.30 horas – Inserção de Agricultura Urbana em estruturas Ecológicas. O papel das Políticas Pública
Jorge Cancela de Abreu
AVAAL – Associação Para a Valorização Ambiental da Alta de Lisboa, PORTUGAL
14.50 horas – Debate
15.10 horas – Pausa para café
Painel 2 – Saúde, Nutrição e Segurança Alimentar
Moderador: Luis Saboga Nunes (Sociólogo, Escola Nacional de Saúde Pública – Universidade Nova de Lisboa)
Relator: Celeste Gonçalves (Médica, Coordenadora Técnica do Projecto Seixal Saudável)
15.20 horas – Os Benefícios do Consumo de Hortofrutícolas
Ana Montenegro Correia Louro
Colaboradora da Direcção Geral de Saúde, PORTUGAL
15.40 horas – Principais Ameaças à prática da agricultura urbana
Raquel Cortinhas
Laboratório Agroleico, PORTUGAL
16 horas – Fornecimento directo de pequenas quantidades de alimentos – derrogações previstas
Pedro Nabais
Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), PORTUGAL
16.20 horas – Cuide desta semente! Germinar uma melhor Saúde Mental, os benefícios da agricultura urbana
Maria Antónia Frasquilho
Médica Especialista de Psiquiatria – Alterstatus, PORTUGAL
16.40 horas – Mercado Institucional: Uma Forma de Garantia de Comercialização para os Produtos de Agricultura Urbana
Renata Gomes Rodrigues, Susi Mara Freddi, Prof. Dr. Clarilton E.D.C. Ribas
Universidade Federal de Santa Catarina, BRASIL
16.50 horas – Plantas Medicinais como ferramenta para a promoção da saúde no Assentamento Domingos de Carvalho, planalto norte de Santa Catarina
Susi Mara Freddi, Prof. Dr. Clarilton E.D.C. Ribas
Universidade Federal de Santa Catarina, BRASIL
17 horas – Debate
Serviços Operacionais da Câmara Municipal do Seixal
17.30 horas – Sessão de posters
17.30 horas – Reunião da Rede Portuguesa de Agricultura Urbana e Periurbana (Auditório)
20 horas – Jantar
8 de Abril (sexta-feira)
9 horas – Recepção
Painel 3 – Integração Social, Participação Cívica e Cidadania
Moderador: Maria Manuel Valagão
Relator: A confirmar
9.15 horas – Hortas comunitárias como componente da Agricultura Urbana em Londres
Michael Tomkins
University of Brighton, REINO UNIDO
9.35 horas – Hortas de Cascais
Joana Correia da Silva
Câmara Municipal de Cascais, PORTUGAL
9.55 horas – Horta Esperança
Rodrigo Barros
Associação de Albergues Nocturnos de Lisboa, PORTUGAL
10.15 horas – Agriculturas Urbanas e a Cidade. Um inventário de questões sobre Cidadania e Democracia
Giovanni Allegretti
Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, PORTUGAL

10.35 horas – A Rede Portuguesa de Agricultura Urbana e Peri-urbana
Jorge Moreira
Associação Para a Cooperação e o Desenvolvimento (ACTUAR), PORTUGAL
Miguel Malta
Escola Superior Agrária de Coimbra, PORTUGAL
10.55 horas – Alcançar a segurança alimentar nas Cidades: o potencial das tecnologias sociais aplicadas à agricultura urbana
Miguel Malta
Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Urbana (GRAU), PORTUGAL
João Pinto
International Food Security Network (IFSN)
11.15 horas – Pausa para café
11.25 horas – Centro de Apoio “Terra Viva” à Agricultura Urbana e priurbana do Estado de Santa Catarina
Prof. Dr. Clarilton E.D.C. Ribas
Universidade Federal de Santa Catarina, BRASIL
11.35 horas – Projecto pedagógico de intervenção paisagística “Um jardim em cada escola”. Estudo de Caso
Marta Monteiro e Tiago Campos, PORTUGAL
11.45 horas – Agricultura Social: Um conceito em desenvolvimento na Europa. Situação actual e perspectivas em Portugal
Mário Veríssimo
Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra, PORTUGAL
11.55 horas – A importância social das Hortas no Sistema Prisional: o caso do Estabelecimento Prisional de Setúbal
Teresa Almeida
Estabelecimento Prisional de Setúbal, PORTUGAL
12.05 horas – Os possíveis sentidos das hortas (peri) urbanas para as comunidades (i) migrantes da Grande Lisboa. Questões sobre cidadania em urbanizações não planeadas
Juliana Torquato Luiz
Centro de Estudos Sociais, PORTUGAL
12.15 horas – Agricultura Urbana em Cuba
Miguel Boieiro, PORTUGAL
12.25 horas – Pé na Terra
Filme de João Vladimiro
12.45 horas – Debate
13 horas – Almoço
Painel 4 – Educação Ambiental Agricultura Sustentável e Saúde Pública
Moderador: Filomena Miguens (Professora, Escola Superior Agrária de Coimbra – Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Urbana)
Relator: Joaquim Judas (Presidente da Assembleia Municipal do Seixal)
14.30 horas – Agricultura em espaço urbano – uma questão de futuro
Susana Fonseca
Associação nacional de Conservação da Natureza (QUERCUS), PORTUGAL
14.50 horas – 25 Anos de Agricultura Biológica em Portugal Contributo para a Agricultura Urbana
Jaime Ferreira
Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (AGROBIO), PORTUGAL
15.10 horas – HoLa hidroponia: Hortas do Lar na promoção da literacia e sustentabilidade social
Luis Saboga Nunes
Escola Nacional de Saúde Pública – Universidade Nova de Lisboa, PORTUGAL
15.30 horas – Horta à Porta – Hortas Biológicas da Região do Porto
Ana Lopes
Divisão de Valorização Orgânica da Lipor, PORTUGAL
15.50 horas – Hortas Urbanas do Ingote
Francisco Queirós
Vereador da Câmara Municipal de Coimbra, PORTUGAL
16.10 horas – Rede de Hortas Urbanas do Município do Seixal. As hortas pedagógicas
Sónia Lança / Sónia Borges
Câmara Municipal do Seixal, PORTUGAL
16.30 horas – Pausa para café
16.40 horas – A participação dos jovens no sistema “Horta-à-escola”
Krista Harper, EUA
16.50 horas – Revolução dos Baldinhos: Um Modelo de Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos que Promove a Agricultura Urbana
Marcos José Abreu e Eduardo Farias
Centro de Promoção de Agricultura de Grupo e Universidade Federal de Santa Catarina, BRASIL
17 horas – Horta pedagógica da Ramalha
Patricia Ramos, PORTUGAL
17.10 horas – Blog com materiais de capacitação para implantar banheiro seco ecológico
Sofia Lemos
Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Santa Catarina, BRASIL
17.20 horas – Educação para o Desenvolvimento Sustentável e Agricultura Urbana em Angola
Fernanda Lages
Herbário do Lubango, ISCED-Huíla, ANGOLA
17:30 horas – Debate
18 horas – Conclusões e Sessão de Encerramento
Joaquim Tavares, Vereador do Pelouro de Ambiente e Serviços Urbanos/ Corália Loureiro, Vereadora do Pelouro de Recursos Humanos, Modernização Administrativa e Acção Social/ CNA – Confederação Nacional de Agricultores, Avelino Antunes (Associação de Agricultores do Distrito de Setúbal)
10 de Abril (domingo)
9.30 às 12.30 horas – Caminhada da Primavera Seixal Saudável
Inicia na Quinta da Princesa, com visita às hortas urbanas do local, e termina na Frente Ribeirinha de Amora.
Organização e Secretariado
Câmara Municipal do Seixal
Comissão Científica
Luis Saboga Nunes (Sociólogo da Escola Nacional de Saúde Pública, Portugal)
Mark Gorgolewski (Director do programa de pós-graduação de ciência na construção, do Departamento de Arquitectura e Ciência da Universidade de Ryerson, Canadá)
Filomena Miguens (Professora da Escola Superior Agrária de Coimbra / Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Urbana, Portugal)
Sónia Lança (Arq. Paisagista coordenadora do Projecto Rede de Hortas Urbanas do Município do Seixal, Divisão de Ambiente)
Parceiros
Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa
Escola Superior Agrária de Coimbra

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *