Cultura, Sociedade, Tomar

Abril vai ser doce todo o mês em Tomar

Há um recanto romântico em Tomar, com uma vista magnífica sobre o rio Nabão e o jardim do Mouchão, onde a expressão “beija-me depressa” é usada com uma frequência inusitada em Portugal e provavelmente mesmo no resto do mundo. É que, aliado à convidativa beleza do local, vende-se ali também o mais romântico dos doces, baptizado precisamente de beija-me depressa.

Este bolo feito à base de ovos e inspirado na doçaria conventual é um dos motes para a mostra De Tomar e dos Conventos, que entre os dias 1 e 30 de Abril vai apresentar em 12 pastelarias da cidade nada menos que 30 especialidades da doçaria local.

Uma delas, como não poderia deixar de ser, são as fatias de Tomar, cujas características únicas implicam que sejam cozidas numa panela própria, inventada e apenas fabricada na cidade do Nabão. Mas há muito mais, desde castanhas de ovos a estrelas de Tomar, cornucópias, pastéis de abóbora, natas de café ou mimos de noz.

 

Na Páscoa os doces saem à rua

Em terceira edição, a mostra De Tomar e dos Conventos tem este ano uma atracção especial: para além da possibilidade de ao longo do mês ir provando as especialidades de cada confeitaria, no fim-de-semana da Páscoa os doces vão sair à rua.

Será um longo fim-de-semana especialmente animado em Tomar, que inclui espectáculos de música e dança, com o regresso a esta cidade do Sete Sóis Sete Luas; a primeira saída das coroas da Festa dos Tabuleiros e, no sábado, dia 23 de Abril, durante a parte da tarde, o Doce Passeio Doce no passeio ribeirinho junto à Casa dos Cubos.

Haverá expositores das diversas pastelarias nos quais se poderá conhecer melhor e adquirir todos os doces participantes na mostra, bem como um workshop sobre fatias de Tomar, além de animação musical.

 

Uma campanha muito doce

 

“Beija-me depressa em Tomar”, “As melhores fatias são as de Tomar”, “Mimos de noz para vós” e “O segredo de D. Gualdim está nas espadas” são as quatro frases alusivas a outros tantos doces que figuram nos cartazes de promoção do evento, organizado pela Câmara Municipal de Tomar em parceria com as pastelarias aderentes.

Especificamente para o Doce Passeio Doce de 23 de Abril foi criado o slogan “Na Páscoa os doces não são pecado”.

O principal objectivo é dar a conhecer a excelência da doçaria local realçando as suas peculiaridades e promover paralelamente Tomar como destino turístico onde há muito mais para conhecer e saborear para além do Convento de Cristo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *