Desporto, Vale de Cambra

50 mil espectadores esperados no «Mundial» de Enduro em Vale de Cambra

A organização da etapa portuguesa do Campeonato Mundial de Enduro, a disputar nos dias 09 e 10 de Abril em Vale de Cambra, perspectiva receber 50 mil espectadores.

O director da prova, António Carmo, não tem dúvidas em considerar que «o evento vai ser um grande momento desportivo» ao nível das principais competições internacionais.

«Se as condições meteorológicas ajudarem, esperamos igualar a assistência registada em 2008, cerca de 50 mil espectadores», disse à EDV Informação António Carmo, que é também presidente do Sport Clube de Cambra.

Vale de Cambra foi pela primeira vez, há três anos, um dos palcos do Maxxis Fim Enduro World Championship – Grande Prémio Polisport de Portugal.

«Vale de Cambra faz corridas de Enduro há dez anos. Por isso, a cidade já está na rota da modalidade», acrescentou.

Uma das novidades da etapa portuguesa do «Mundial» – que arranca este fim-de-semana em Espanha – é a inclusão de uma «Super Test» no programa, a decorrer no dia 08, antecedendo o quadro competitivo.

«Para nós, valecambrenses, é uma honra receber uma vez mais uma prova deste gabarito, mobilizadora de milhares de pessoas, entre participantes e simpatizantes da modalidade, que regressam à nossa cidade, no sentido de trilhar uma vez mais o nosso vale verdejante, apreciar a nossa gastronomia e a nossa hospitalidade», afirmou a vereadora Adriana Rodrigues, da Câmara de Vale de Cambra.

«Vale de Cambra reúne todas as condições para se tornar a capital do Enduro em Portugal, nomeadamente, pela especificidade do seu terreno, das suas paisagens, pela hospitalidade das suas gentes e do “know-how” e experiência que associações como o Sport Clube de Cambra reúnem», frisou hoje a autarca, durante o lançamento da prova.

Em 2008, a etapa de Vale de Cambra do Maxxis Fim Enduro World Championship contou com a participação de cerca de 100 pilotos, oriundos de 19 países.

Este ano a organização prevê 106 pilotos de 14 países.

«Já estão confirmadas 24 equipas, que regularmente participam nesta competição, onde também esperamos registar a presença de dez pilotos portugueses», referiu o presidente da comissão de Enduro da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP), Pedro Mariano.

«Há nove anos que Portugal recebe etapas do “Mundial” e todas elas têm sido reconhecidas além-fronteiras. Estamos certos de que esta não vai fugir à regra, como de resto aconteceu em 2008», sublinhou.

A prova integrada no calendário da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) é organizada em parceria entre a FMP e o Sport Clube de Vale de Cambra, contando com o apoio da autarquia.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *