Cultura, Mangualde

Mostra de pintura e de fotografia em Mangualde

De 4 a 28 de Abril, Mangualde acolhe uma mostra conjunta de Pintura e de Fotografia, de Edite Santos e de Luís Borges Alves, respectivamente. A inauguração está agendada para o próximo dia 4 de Abril, segunda-feira, pelas 16h30, e contará com a presença de ambos os artistas. Os trabalhos estarão em exposição no Salão de Exposições da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves e a entrada é livre.

TÉCNICAS MISTAS DE PINTURA DIGITAL COM PASTEL OLEOSO E COLAGENS

Nascida em Lisboa, aí viveu toda a sua adolescência e a primeira etapa da sua vida de adulta. Muito cedo revelou alguma predisposição para o Mundo das Artes, nomeadamente na área da dança e pintura. Influenciada no seu desenvolvimento em grande parte pelo seu pai, designer de Artes Gráficas e Pintor nas suas horas vagas, sempre se interessou por vivenciar várias facetas desse mundo maravilhoso – espectáculos de dança da Gulbenkian, inaugurações de exposições de vários artistas emergentes na altura. No entanto, a sua formação académica e profissional encaminharam-na para áreas bem diferentes. Foi muito mais tarde, por volta do ano de 2000, que de uma forma autodidacta, resolver experimentar passar ao papel alguns dos seus sentimentos, essencialmente em técnicas mistas de pintura digital com pastel oleoso e colagens, de que esta pequena exposição é uma amostra de algumas das técnicas realizadas.

 

TRANSMITIR A BELEZA DA NATUREZA, A SUA VISÃO DO HOMEM E DO MUNDO…

Luís Borges Alves (Fotografia)

Nasceu em Torrão, Marco de Canaveses e vive actualmente em Santa Comba Dão. Talvez por influência paterna dedicou-se ainda na sua juventude à fotografia. Hoje, com mais disponibilidade, estuda e experimenta as novas técnicas e aprofunda os seus conhecimentos, através de formação na área. Tenta transmitir através das suas imagens a beleza da natureza, a sua visão do homem e do mundo, tentando despertar a sensibilidades e atenção para o carácter inédito de aspectos de que não nos apercebemos de imediato, despertando a curiosidade e permitindo o abrir a perspectivas renovadas de leitura de tudo o que nos rodeia. Assim, através da sua máquina tenta captar os momentos mais fascinantes que, de outro modo, não podiam ser registados, transmitidos e, posteriormente, apreciados e recordados

A mostra, de entrada livre, pode ser visitada no seguinte horário:

Segunda-feira – 14h00 às 18h00

Terça a sexta-feira – 9h30 às 18h00

Sábados – 10h00 às 13h00 / 14h00 às 18h00

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *