Educação, Santa Maria da Feira

Escolas “adoptam” museus municipais – Sta. Maria da Feira

Cinco escolas do concelho de Santa Maria da Feira elegeram os dois museus municipais – Museu Convento dos Lóios e Museu do Papel Terras de Santa Maria – para desenvolver projectos criativos no âmbito do concurso escolar nacional “A minha escola adopta um museu, um palácio, um monumento…”. No total, 32 grupos de alunos vão realizar trabalhos originais no domínio da produção escrita, artes visuais, artes performativas, fotografia, vídeo e multimédia.

O Externato “O Paraíso dos Pequeninos” e o Colégio das Terras de Santa Maria “adoptaram” os dois museus municipais. Por sua vez, a Escola EB 2,3 Fernando Pessoa escolheu o Museu Convento dos Lóios para desenvolver este projecto e o Agrupamento de Escolas Carlos Alberto Ferreira de Almeida (escola EREBAS) e a Escola EB 2,3 de Paços de Brandão optaram pelo Museu do Papel Terras de Santa Maria.

Os vários grupos de alunos já se encontram a trabalhar no terreno, para desenvolverem os seus projectos nas várias categorias a concurso (1º, 2º e 3º ciclo do Ensino Básico; Ensino Secundário; e Educação Especial) e nos vários domínios, sempre associados às temáticas, ao espólio e às especificidades de cada um dos museus. Apenas o Agrupamento de Escolas Carlos Alberto Ferreira de Almeida, através da sua Escola de Referência para a Educação Bilingue de Alunos Surdos (EREBAS), vai avançar com um projecto na categoria Educação Especial. Trata-se de um documentário, em Língua Gestual Portuguesa, centrado numa visita guiada ao Museu do Papel.

Para a vereadora do pelouro do Turismo, Biblioteca e Museus, Teresa Vieira, estas “adopções” por parte das escolas do Concelho são “um motivo de orgulho e de muita satisfação pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido nos nossos museus junto da comunidade escolar”.

Aproximar as escolas dos museus

O concurso escolar “A minha escola adopta um museu, um palácio, um monumento…” é uma iniciativa conjunta da Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC), Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) e Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR).

Dirigido a alunos dos ensinos básico e secundário, este concurso tem como objectivo estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional, através do contacto das escolas com os museus da Rede Portuguesa de Museus (RPM) e com os museus tutelados pelo IGESPAR, e consequente sensibilização para a conservação, protecção e valorização do património cultural.

Os trabalhos criativos a concurso deverão incidir sobre um testemunho, ou conjunto de testemunhos, disponíveis nos museus, que previamente mostraram abertura para colaborar com as escolas neste projecto.

Em cada uma das categorias a concurso serão atribuídos prémios, quer ao grupo de alunos, quer ao professor responsável e à escola participante.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *