Oliveira de Azeméis, Sociedade

Retiradas mais de 100 toneladas de resíduos da lixeira da Minhoteira em Oliveira de Azeméis

A Câmara de Oliveira de Azeméis contabilizou em mais de 100 toneladas a quantidade de resíduos retirados da lixeira da Minhoteira, na freguesia do Pinheiro da Bemposta.
Os números foram avançados pelo presidente da autarquia, Hermínio Loureiro, no final da erradicação daquele que sempre foi considerado, a nível ambiental, o ponto «mais negro» do concelho.
Ao fim de várias décadas de depósito constante de lixo, o núcleo local do movimento «Limpar Portugal», o município e a Junta de Freguesia deram as mãos e decidiram limpar o local, numa acção que teve o apoio de equipas dos bombeiros de Oliveira de Azeméis e de uma centena de voluntários.
Do local foi retirado todo o tipo de lixo indiferenciado e outro como electrodomésticos, plásticos, pneus, pára-choques e materiais de construção com amianto.
«Retirámos mais de 100 toneladas de lixo que, ao longo de décadas, se foram acumulando, fruto da falta de civismo e de educação ambiental», afirmou Hermínio Loureiro, explicando que «o movimento Limpar Portugal tinha identificado este local como um ponto negro e de grande dificuldade técnica».
«O município a partir de hoje está mais limpo e tem de agradecer, no ano dedicado ao voluntariado, a disponibilidade de um conjunto de pessoas que decidiu contribuir para que o concelho passasse a ter maior sustentabilidade ambiental», disse.
Concluída a limpeza, a autarquia quer impedir, no futuro, o despejo de lixo no local quer através do aumento da fiscalização, quer através da denúncia de actos criminosos.
«Apelamos a todas as pessoas que presenciem a prática desses crimes que os denunciem», afirma o autarca, lançando «o desafio para que todos, sem excepção, possam contribuir para que estas situações não aconteçam mais».
Segundo Hermínio Loureiro «é importante que as pessoas assumam uma maior consciência e educação ambiental e que, além de respeitarem a Natureza, respeitem também o trabalho das pessoas que, de forma voluntária, deram um excelente exemplo de cidadania».
A acção na Minhoteira resultou de um trabalho conjunto da autarquia e do movimento «Limpar Portugal», uma parceria que é para manter no futuro ao nível do plano municipal de erradicação de lixeiras.
«Esperamos continuar com esta colaboração do núcleo local que tem feito um bom trabalho de sensibilização e de mobilização de voluntários das escolas e associações», disse.
Segundo Fernando Pinho, coordenador do núcleo de Oliveira de Azeméis, «a questão essencial a retirar depois deste trabalho é que se crie uma onde de sensibilização ambiental, em particular junto das crianças e jovens».
O movimento irá continuar a dar sequência ao plano municipal de erradicação de lixeiras, cumprindo o compromisso assumido com a autarquia de Oliveira de Azeméis.
«Este foi o primeiro passo e a partir daqui vamos procurar eliminar todos os focos poluidores», concretizou Fernando Pinho.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *