Sociedade

Paços do Concelho e Câmara Municipal “apagam-se” a 26 de Março de 2011 em Vagos

No próximo Sábado, dia 26 de Março de 2011, entre as 20h30 e 21h30, a Câmara de Vagos irá “apagar” as luzes dos edifícios dos Paços do concelho e da Câmara Municipal, durante uma hora, a “Hora do Planeta”. A iniciativa, que parte da organização global de conservação de natureza WWF – Hora do Planeta, pretende estimular indivíduos, empresas e comunidades a tomarem medidas para reduzir as suas emissões de carbono numa base contínua e diária.

A “Hora do Planeta” é uma iniciativa global da rede WWF. Indivíduos, empresas, governos e comunidades são convidados a desligar as suas luzes por uma hora no sábado, 26 de Março de 2011, às 20:30 para mostrar o seu apoio à acção ambientalmente sustentável. O evento começou em Sidney, em 2007, quando 2 milhões de pessoas desligaram as luzes. Em 2010, a Hora do Planeta fez história como a maior acção voluntária a favor do ambiente alguma vez testemunhada com a participação de 128 países em todos os continentes, incluindo o apagar das luzes nos mais reconhecidos ícones e belezas naturais de todo o mundo. Em 2011, a Hora do Planeta acontece a 26 de Março, pelas 20H30, e o apelo é que se vá mais além desta hora na luta contra as alterações climáticas.

A menos de mês do apagão global, o apelo da Hora do Planeta já foi ouvido muitos municípios que se juntam a milhares de outras cidades em todo o mundo. Na noite de 26 de Março, entre as 20H30 e as 21H30, os monumentos mais emblemáticos das cidades e vilas portuguesas, que celebrarão a Hora do Planeta, juntam-se a ícones de todo o mundo, símbolos poderosos de esperança, paz, diligência humana e maravilha natural ao serviço de uma causa que procura alertar para o problema das alterações climáticas e para o facto de todos juntos podermos ir mais além na luta contra o aquecimento global. Em Lisboa, o Castelo de São Jorge, Paços do Concelho, Cristo Rei, Ponte 25 de Abril, Estações do Rossio e Santa Apolónia, Aqueduto das Águas Livres, Teatro D. Maria II e a estátua do Marquês de Pombal, em Faro, o Jardim Manuel Bivar e o Largo da Sé; nas Lajes do Pico (Açores), o Forte de Santa Catarina, são alguns dos monumentos emblemáticos que ficarão apenas iluminados pela luz das estrelas na noite de 26 de Março.

A rede da WWF/Hora do Planeta incentiva, desta forma simbólica, cidadãos e comunidades a tomarem as rédeas do seu destino e da protecção da sua única casa, o Planeta Terra, tornando-se uma voz poderosa junto dos seus líderes locais; para além do desligar simbólico das luzes durante a Hora do Planeta, a WWF apela ao envolvimento nas diferentes redes sociais: Facebook da WWF Portugal (www.facebook.com/pages/WWF-Portugal/108860513111), Facebook da WWF Internacional (www.facebook.com/earthhour) e Twitter (www.twitter.com/earthhour) partilhando experiências de vida sustentável.

WWF é uma das maiores e mais respeitadas organizações independentes de conservação, com quase cinco milhões de adeptos e uma rede global activa em mais de 100 países. A missão da WWF é travar a degradação do ambiente natural do planeta e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, pela preservação da diversidade biológica do mundo, garantindo que o uso dos recursos naturais renováveis seja sustentável, e promovendo a redução da poluição e do desperdício.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *