Lamego, Sociedade

Câmara de Lamego disponibiliza nova sede à Associação dos Dadores Benévolos de Sangue

A Associação dos Dadores Benévolos de Sangue de Lamego passou a estar alojada pela primeira vez desde a sua fundação, em Outubro de 1992, em instalações próprias que garantem uma melhor qualidade na prestação de serviços. A “nova casa” desta colectividade situa-se no Edifício do Bloco da Feira, junto ao Parque da Cidade, e permitirá a partir dali disponibilizar todo o tipo de informações ao público, agrupar o seu acervo documental e efectuar as reuniões dos seus corpos sociais. As recolhas de sangue continuarão, no entanto, a ser efectuadas na Escola Secundária de Latino Coelho como até agora.

Esta associação ocupava anteriormente um espaço nas instalações da Junta de Freguesia da Sé. Agora, a nova sede, cedida pela Câmara Municipal de Lamego, vai permitir o reforço do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido em prol dos mais necessitados, nomeadamente a divulgação e o incentivo à prática da dádiva de sangue. Desde há quatro anos, foi possível aumentar, com o apoio do Centro de Sangue do Porto, o número de colheitas anuais. Em simultâneo, o número de voluntários em Lamego também tem aumentado significativamente, tendo a última dádiva registado, em finais de Fevereiro, 447 inscritos.

Para além de muitos dadores de sangue, autarcas e personalidades ligadas a antigas e à actual direcção da associação, a cerimónia pública de inauguração da nova sede contou com a presença de Marília Morais, directora do Centro Regional de Sangue do Porto, de Moreira Alves, Presidente da Federação das Associações de Sangue, e ainda de representantes da Fepodabes – Federação Portuguesa da Dadores Benévolos de Sangue. Durante esta celebração, Fernando Gonçalves dos Santos, Presidente da Associação dos Dadores Benévolos de Sangue de Lamego, recordou a génese do processo que levou à criação desta colectividade, quando na década de 90 existiam na cidade vários voluntários que se dirigiam ao banco de sangue existente no Hospital de Lamego para contribuir com as suas dádivas. Após o encerramento desta unidade, surgiu entre os participantes a ideia de constituir, a nível local, uma associação, que viria a ser criada em 1992.

Durante esta ocasião, a Associação dos Dadores Benévolos de Sangue elogiou o apoio financeiro concedido, anualmente, pela Câmara Municipal de Lamego e a cedência de um stand para a divulgação das suas actividades, durante a realização das Festas de Nossa Senhora dos Remédios. “Ao mesmo tempo, ao tomar conhecimento do desenvolvimento da nossa acção e da necessidade de possuirmos uma sede própria, o Eng. Francisco Lopes prometeu-nos que, logo que possível, nos arranjaria uma sede para que, de uma forma mais eficaz, continuássemos a desenvolver o nosso trabalho. Prometeu e cumpriu”, sublinha.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *