Reguengos de Monsaraz, Sociedade

Reguengos de Monsaraz vai “Caminhar, Limpar e Plantar” em defesa do ambiente

O Município de Reguengos de Monsaraz está a organizar desde hoje e até ao dia 24 de Março a iniciativa “Caminhar, Limpar e Plantar”. Trata-se de um conjunto de actividades que pretendem mobilizar a comunidade escolar, as associações e a população em geral para a sensibilização e a educação ambiental.

Englobado nesta iniciativa será assinalado o primeiro aniversário do projecto Limpar Portugal, movimento da sociedade civil que no ano passado juntou mais de 100 mil voluntários na recolha de lixo em florestas e outros espaços públicos, conseguindo remover mais de 70 mil toneladas de resíduos. Esta é também uma forma de associar o Município de Reguengos de Monsaraz ao Ano Internacional das Florestas, proclamado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e que este ano se comemora sob o mote “Floresta para Todos”. Assim, no dia 19 de Março, dia do Limpar Portugal, pelas 9h, são esperadas muitas dezenas de pessoas que vão partir da Praça da Liberdade, em Reguengos de Monsaraz, para limpar as lixeiras clandestinas identificada no concelho.

No dia 20 de Março, pelas 9h30, também na Praça da Liberdade, inicia-se a Caminhada das Freguesias. Este ano, o percurso terá 20 quilómetros de extensão e vai passar nas imediações das localidades de Reguengos de Monsaraz, Caridade e Perolivas, tendo como pontos de interesse para os participantes a paisagem vinhateira, o mosaico agrícola tradicional e a Ribeira da Caridade.

Integrado na iniciativa “Caminhar, Limpar e Plantar” decorre no dia 21 de Março (Dia Mundial da Árvore) uma actividade para os alunos da Escola Básica do 1º Ciclo de Reguengos de Monsaraz e da Escola Básica Integrada (1ª Ciclo), que consiste no apadrinhamento de árvores no futuro Parque da Cidade. As crianças dos estabelecimentos de ensino das freguesias rurais vão participar nesta acção nos dias 2 e 3 de Maio.

Assim, as escolas do concelho foram convidadas a promover um trabalho sobre as diferentes espécies de árvores que vão ser apadrinhadas, elaborando um logótipo alusivo à árvore que ficará registado numa placa a colocar junto a cada exemplar arbóreo como forma de assinalar o seu apadrinhamento. Esta é também uma forma de co-responsabilizar as escolas e os alunos pelo crescimento e protecção das árvores apadrinhadas.

Até ao dia 24 de Março pretende-se mobilizar a população para a defesa do ambiente. Desta forma, durante a semana, haverá acções para os alunos de todas as escolas e jardins-de-infância do concelho, mas também para os idosos e reformados que estão nas instituições de solidariedade social ou integrados noutras associações.

As actividades vão decorrer por escola e por freguesia e englobam acções na sua área geográfica como plantio de vegetação ribeirinha nos ribeiros e ribeiras, limpeza da envolvente de alguns ribeiros e no troço do caminho-de-ferro, plantio de vegetação endémica em estabelecimentos de ensino e caminhadas com visitas às Estações de Tratamento de Águas Residuais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *