Oliveira de Azeméis, Sociedade

Campanha promovida pela autarquia melhorou ensino a centenas de crianças de Timor – Fundação Xanana Gusmão – Oliveira de Azeméis

A campanha «Do Sonho à Realidade», promovida pela Câmara de Oliveira de Azeméis em 2004, melhorou o ensino a centenas de crianças de Timor-Leste, afirmou Teófilo Fonseca, da Fundação Xanana Gusmão.

A verba de 113 mil euros angariada nesta acção foi investida, na sua maioria, na recuperação de duas escolas pré-primárias na província de Aileu, no envio de material escolar, computadores, impressoras, fotocopiadoras e na atribuição de 300 bolsas de estudo.

«Os apoios financeiros permitiram apoiar centenas de alunos, recuperar equipamentos e aumentar a qualidade de ensino em Timor-Leste», disse Teófilo Fonseca, reconhecendo o apoio da autarquia.

As relações de amizade e cooperação entre o município e a antiga colónia portuguesa tiveram início em 2004 quando Xanana Gusmão, antigo presidente do País, se deslocou a Oliveira de Azeméis.

«O município tem boas relações com Timor-Leste e é nosso desejo manter esse contacto», referiu o presidente da autarquia, Hermínio Loureiro, lembrando que «foi através de Teófilo Fonseca que se estreitaram os laços com Timor-Leste».

«Além de oliveirense, ele é mais que um amigo pois está na base da aproximação de Oliveira de Azeméis àquele País do sudeste asiático», frisou. O representante da Fundação Xanana Gusmão agradeceu ainda a solidariedade da empresa «Valente Marques SA» e dos seus colaboradores, que permitiu beneficiar «dezenas de crianças, cobrindo os custos de 75 bolsas de estudo atribuídas a alunos do ensino primário, pré-secundário e a algumas escolas do secundário».

A intervenção nas escolas Seloi Kraik e Caridade permitiu a sua recuperação, a construção de novas salas e de espaços de aprendizagem, instalações sanitárias e redes próprias de saneamento. A reabilitação dos dois edifícios ocorreu entre Janeiro e Agosto de 2010.

A campanha «Do sonho à Realidade» teve como objectivo de angariar verbas destinadas a apoiar a comunidade escolar e a promover a língua portuguesa.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *