Sociedade, Vale de Cambra

Mulheres do município de Vale de Cambra no activo

A Tradição já  não é o que era. Este lugar comum nunca esteve tão actual e nunca se aplicou tão bem como hoje à Protecção Civil Municipal de Vale de Cambra.

Isto porque, quando se assinala mais um Dia Internacional da Protecção Civil, a 1 de Março, constata-se que, no Município, a Mulher ocupa um lugar que é destaque quer pela sua coragem e dedicação, quer por estar representada em três instituições: Bombeiros Voluntários, GNR e Sapadores Florestais.

Este ano as comemorações têm como tema prinicipal “O papel das mulheres na Protecção Civil”  e a Câmara Municipal de Vale de Cambra faz questão de enaltecer e louvar todas “aquelas” que se dedicam a uma causa comum: a defesa e protecção dos Cidadãos nas mais variadas vertentes.

“O dia 1 de Março é o Dia Internacional da Protecção Civil e, este ano com um tema destes não podia, enquanto cidadão e enquanto Presidente da Câmara Municipal, deixar de destacar que temos no nosso Município muitas e corajosas mulheres a assumirem lugar de destaque e a envolverem-se activamente na Protecção Civil Municipal. Por isso, especialmente para elas, os meus sinceros Parabéns e o meu profundo agradecimento por esse envolvimento e dedicação e depois, para a comunidade em geral, uma chamada de atenção a esta participação activa da Mulher na Protecção Civil”, refere José Bastos, por ocasião da passagem de mais um Dia Internacional da Protecção Civil.

Com efeito, e em lugar de destaque, das três instituições que constituem a Protecção Civil Municipal de Vale de Cambra (Bombeiros Voluntários, GNR e Sapadores Florestais), é a primeira que regista um maior número de mulheres.

Actualmente, e de acordo com dados actualizados, existem 25 corajosas bombeiras, sendo que no corpo activo exercem neste momento 20, já que 5 estão de licença de maternidade e/ou profissional. O Feminino já representa assim,  cerca de 23% da totalidade do Corpo de Bombeiros de Vale de Cambra, com uma média de idades de 21 anos.

A Bombeira mais antiga inscreveu-se na Autoridade Nacional da Protecção Civil em 1988 e ainda está no activo, chama-se Maria Manuela Barbosa e é Bombeira de 3.ª Classe, desempenhando funções como Operadora de Comunicações.

Na GNR de Vale de Cambra existem 2 mulheres, assim como nos Sapadores Florestais de Vale de Cambra, em que 2 senhoras representam activamente o Feminino na prevenção de fogos florestais e defesa da Floresta do nosso Concelho.

A Câmara Municipal regista desta forma mais um Dia Internacional da Protecção Civil realçando o papel da Mulher que abraça causas tão importantes como a protecção e a segurança, muitas vezes deixando a vida pessoal, para assegurar a defesa e o bem-estar de todos.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *