Cultura, Évora

Últimas sessões na exposição sobre Michel Giacometti em Évora

A Câmara Municipal de Évora prolongou até 26 de Fevereiro a apresentação da exposição “Michel Giacometti, 80 anos, 80 imagens” no Convento dos Remédios e organizou neste período um programa de actividades todas as sextas-feiras, às 18:30, que têm procurado levar-nos a descobrir e aprofundar mais o trabalho de Giacometti.
 
As próximas e últimas sessões deste programa têm lugar nos dias 18, 25 e 26 de Fevereiro. A sessão do dia 18 de Fevereiro tem por título “1975: Os campos que os estudantes descobriram” e terá como convidados Luísa Tiago Oliveira (Historiadora, ISCTE) e Alexandre Ramires (investigador da Universidade de Coimbra), que irão falar sobre o Plano de Trabalho e Cultura, uma acção de recolha etnográfica e de intervenção dirigida por Michel Giacometti, no âmbito do Serviço Civil Estudantil que envolveu uma equipa de estudantes no ano de 1975, a que pertenceram os convidados desta sessão.
 
No dia 25 de Fevereiro a sessão intitula-se “Andem cá que já vos contamos” e terá como convidados Ana Paula Guimarães (Directora do IELT), Luís Carmelo (investigador e contador de contos), Domingos Morais (membro do IELT e Professor na Escola Superior de Teatro e Cinema), Oriana Alves (editora da BOCA e membro do IELT) e José Barbieri (fundador do Memoriamedia e membro do IELT). A maioria dos convidados são investigadores do IELT (Instituto de Estudos de Literatura Tradicional), instituto que reconhece na literatura tradicional/oral/popular como parte intrínseca do património imaterial e universal da humanidade, por excelência veículo de afirmação da identidade e de aproximação entre os povos (UNESCO, 1989). Nesta sessão será também apresentado o áudio livro “Anda cá que eu já te conto”, da autoria de Luís Carmelo com o apoio do IELT.
 
A última sessão tem lugar no dia de encerramento, dia 26 de Fevereiro, e intitula-se “Conversas com música em torno da Viola Campaniça” e contará com a presença dos músicos Pedro Mestre (tocador e construtor de viola campaniça) e Manuel Bento (tocador de viola campaniça), que irão proporcionar aos visitantes um momento musical neste último dia de exposição interpretando as suas modas, intercalando com breves conversas sobre as suas histórias e contextualizam as suas vivências com esta prática musical.
 
Recorde-se que esta exposição consiste em mais uma iniciativa integrada no projecto Oralidades e foi cedida pelo Museu da Música Portuguesa – Casa Verdades de Faria, da Câmara Municipal de Cascais, e assinala a efeméride dos oitenta anos do nascimento do etnomusicólogo Michel Giacometti. Nela é apresentada uma selecção de 80 imagens que fazem parte da colecção fotográfica de Giacometti, que desenvolveu um trabalho de investigação, recolha e estudo da música tradicional em Portugal.
 
Esta mostra está aberta ao público de terça-feira a sábado, das 9:30 às 12:30 e das 14:00 às 18:00. A entrada é livre e a Câmara de Évora promove também visitas guiadas para as escolas e público em geral, mediante marcação.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *