Alcoutim, Sociedade

Animação sociocultural melhora qualidade de vida dos idosos do Lar de Alcoutim

Melhorar a qualidade de vida dos idosos institucionalizados, tem sido o lema da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcoutim (AHBVA), que, numa estreita colaboração com a Câmara Municipal de Alcoutim, tem apostado na animação sociocultural dentro da instituição.

Assentes na ideia de que ir para um Lar é esperar pela morte e presos nas suas limitações físico-motoras, muitos idosos caem em profundas depressões depois da entrada na instituição. Esta tendência, verificada em vários anos no Lar de Idosos de Alcoutim, tem sido contrariada desde que a AHBVA apostou na animação sociocultural. Perante os óptimos resultados, a nova direcção quer aumentar a oferta de actividades e vai já avançar com o visionamento de filmes portugueses antigos, a hora do conto, a criação de um grupo de cantares tradicionais e a realização de bailes de acordeão, também abertos à participação da população.

Actualmente, os idosos do Lar de Alcoutim desfrutam de variadíssimas actividades, que, segundo Vera Afonso, trabalham aspectos psicológicos, educativos e socioculturais e, simultaneamente, coíbem a inactividade que conduz tantas vezes a “processos de auto-desvalorização, diminuição da auto-estima, apatia, desmotivação, solidão e isolamento social”. São essas actividades a alfabetização de adultos, trabalhos manuais, ginástica adaptada a idosos, fisioterapia, terço/missa, caminhadas, jardinagem/horta, bailes de acordeão e passeios e idas à praia durante o verão.

Francisco Amaral opina que a ocupação alegre e útil dos tempos livres dos idosos institucionalizados é fundamental para a sua qualidade de vida, física, psicológica e social, e para aumentar a longevidade.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *