Educação, Évora, Sociedade

Escola Secundária Gabriel Pereira simula incêndio – Évora

A Escola Secundária Gabriel Pereira foi alvo na manhã de ontem de um exercício/simulacro de incêndio numa das salas de aula cujo objectivo foi testar o Plano de Segurança Interno e as medidas de autoprotecção em vigor neste estabelecimento de ensino que foi alvo, recentemente, de obras de requalificação.

Pelas 10h25m deflagra um incêndio originado por um curto-circuito, na sala 16 do bloco A3, em consequência do qual dois alunos sofrem intoxicação por inalação de fumo, sendo também necessário evacuar imediatamente aquele espaço, pois o incêndio ameaça a segurança da população escolar.

Perante este cenário é activado o Plano de Segurança Interno, os alunos evacuam o local e são desencadeadas todas as medidas de intervenção previstas para um acidente desta ordem, com as diversas autoridades a participarem no exercício testando e rotinando comportamentos em situação de emergência.

No final do exercício/simulacro, que foi acompanhado pelos elementos do Serviço Municipal de Protecção Civil, no âmbito das suas competências, tanto o director da Escola Secundária Gabriel Pereira, Ananias Quintano, como o adjunto de comando, João Caraça, concordaram quanto à importância da realização de exercícios deste género, referindo também que na globalidade o balanço foi positivo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *