Educação, Évora

Cerimónia de entrega de títulos de residente a alunos na EBI da Malagueira – Évora

A Vereadora da Câmara Municipal de Évora, Cláudia Sousa Pereira, entregou ontem (dia 1 de Fevereiro) títulos de residente a alunos filhos de imigrantes, numa cerimónia que decorreu na EBI da Malagueira e contou também com a participação da Governadora Civil de Évora, Fernanda Ramos e do Director Nacional Adjunto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Francisco Alves Marques, entre outras individualidades. 

Esta acção insere-se na iniciativa “O SEF VAI Á ESCOLA”, dinamizada pelo Ministério da Administração Interna e pelo Ministério da Educação que visa ajudar estes alunos a tratar da autorização de residência em conjunto com os pais, na própria escola. 

Desta forma, o SEF vai à escola e ajuda as famílias imigrantes a tratar da sua autorização de residência, de forma simples, bastando para tal que tenham os seus filhos a frequentar o ensino pré-escolar, básico, secundário ou profissional e que estes tenham nascido em Portugal. 

A cerimónia decorreu no auditório da EBI da Malagueira e os convidados foram recebidos com uma actuação musical a cargo dos “Tuninhas” e da “Escola Rock”, à qual se seguiu as boas vindas pela Directora do Agrupamento de Escolas nº 1, Isabel Gomes, e a passagem do vídeo “O SEF VAI Á ESCOLA”, explicativo desta medida destinada ajudar as famílias imigrantes.  

Além das intervenções das entidades directamente envolvidas, foram entregues cartões de autorização de residência a um grupo de jovens, tendo o aluno Jeferson Moreira agradecido em nome dos restantes. 

O Director Nacional Adjunto do SEF foi o primeiro a intervir, salientando alguns aspectos importantes deste projecto nacional que apresenta um balanço positivo, pois já promoveu a regularização da situação de residência de 750 pessoas, na sua maioria alunos, mas também de vários pais, sendo um trabalho que irá continuar nos próximos anos. 

A Vereadora da Câmara Municipal de Évora frisou ser uma honra para Évora acolher mais habitantes, os quais são “uma mais valia para a região”, sendo este documento que agora recebem testemunho da sua integração plena, o que é de significativa importância, pois “passam também a contribuir para o País e a ajudar na construção do seu futuro”. 

A Governadora Civil de Évora felicitou a Directora do Agrupamento por mais esta acção inclusiva, salientando a importância da escola na transmissão de valores de cidadania e realçando também o significado deste projecto que só em Évora já conseguiu legalizar 25 jovens, dando a todos as boas vindas e desejando felicidades, na convicção de “trabalharmos lado a lado e defendermos em parceria um país melhor”.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *