Cultura, Estremoz

“Se o mundo fosse bom, o dono morava nele” – Estremoz

No próximo dia 5 de Fevereiro, pelas 21h30, no Teatro Bernardim Ribeiro, vai realizar-se uma peça de teatro intitulada “Se o mundo fosse bom, o dono morava nele”.
A partir de textos de Ariano Suassuna, Januário de Oliveira e Gil Vicente, este é um espectáculo integral, onde até o público é convocado a participar, numa fusão de actores/bonecos/músicos, subvertendo as unidades de tempo, lugar e acção, deixando soltar-se a imaginação dos espectadores. Uma dramaturgia que mergulha no universo popular para falar do desconserto do mundo.
Encenação: José Russo e Maria Marrafa
Cenografia, Figurinos e Bonecos: Inês de Carvalho
Arranjos e Criação Musical: André Penas
Iluminação e Som: Pedro Bilou
Construção e Maquinaria: Tomé Baixinho, assistido por Paulo Carocho e Tomé Antas
Construção de Guarda-Roupa: Vicência Moreira
Interpretação: Álvaro Corte Real, Ana Meira, André Penas e José Russo
Esta iniciativa é uma organização da Câmara Municipal de Estremoz com produção do CENDREV.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *